Início Policial Em Sousa: Casa do candidato Tyrone é alvejada a bala; advogado considera...

Em Sousa: Casa do candidato Tyrone é alvejada a bala; advogado considera atentado; Fábio atribui à organização criminosa

Era inicio da madrugada desta segunda-feira (19) na cidade de Sousa, quando a residência do candidato a prefeito, Fábio Tyrone (PSB) foi alvejada a bala, por homens ainda não identificados.

A residência, que fica localizada na Rua Tomaz Pires, Bairro dos Bancários, ficou com registro de três perfurações à bala,  possivelmente de pistola 380.

Os quartos do irmão e da esposa do comerciante, Joselito, pai do candidato a prefeito, Fábio Tyrone, foram alvejados a bala.

SousaTrês projeteis foram encontrados no chão dos cômodos. Por sorte, ninguém saiu ferido. Havia marca de bala até na parede e no teto da moradia.
O Advogado, Dr. José Alves Formiga, representante da Coligação, “Sousa Unida”, considera o caso um atentado.

– Lamentar um fato desta natureza, nunca registrado em período de campanha eleitoral aqui em Sousa. Aqui vai se dar inicio à investigação para saber quem é o mandante. Quem é o grupo que está por trás, seja de ordem de organização criminosa, ou de ordem de algum autor intelectual. Pode ter relação com a campanha eleitoral, ressaltou o advogado.

O caso já foi comunicado à delegacia em Sousa para o inicio das investigações, que deverão apontar à razão do atentado a bala a residência do candidato a prefeito das oposições, Fábio Tyrone.

Dr. Formiguinha disse que é do conhecimento de Sousa o que vem acontecendo na Cidade nas últimas horas.

– São ameaças de todas as ordens. Inclusive existem pessoas sem nenhum escrúpulo fazendo as ameaças através dos grupos, redes sociais, internet, com bomba na casa de correligionários nossos, na casa do ex-prefeito Sinval Gonçalves e outros correligionários nossos. Já fizemos por escrito esse comunicado, e representação ao juiz eleitoral. Comunicamos à delegacia de polícia. Não houve ainda nenhuma investigação neste sentido, relatou o advogado.

sousaO representante da Coligação, “Sousa Unida”, Dr. Formiguinha disse que o caso é muito sério, e que as autoridades devem tomar as providencias necessárias das investigações para saber quem são os culpados, ou organização criminosa que estão por trás deste episódio a residência de Fábio Tyrone.
Pode ser uma organização criminosa a mando de alguém que tenha interesse, e que nós temos que chegar aos autores intelectuais de toda essa ação criminosa deste Grupo, comentou.

A respeito do fato em si, o advogado Dr. Formiguinha não descarga um atentado a vida do candidato a prefeito, Fábio Tyrone.

– Se isso não for atentado, o que é atentado?

Para o candidato a prefeito pela Coligação, “Sousa Unida”, Fábio Tyrone (PSB), não foi fácil acordar pela madrugada com tiros em sua porta.
– Esse clima de intranquilidade já vem ocorrendo alguns dias a companheiros nossos. O adversário patrocina uma organização criminosa. Queremos paz. Isso não é uma guerra campal, uma guerra civil. É uma eleição, comentou.

Tyrone disse que tudo tem um limite. Pediu já as autoridades competentes para que sejam tomadas as devidas providências sobre o caso que aconteceu em sua residência pela madrugada.

– Eu jamais iria esperar que isso ocorresse, imagine alvejar a casa de um candidato. Como está o clima nos bairros de Sousa. Não dá para ficar tranquilo neste momento, frisou.

O candidato, disse que o clima é tenso na campanha eleitoral, e narrou que vários companheiros e correligionários foram vítimas da violência.

– Companheiro Lailson levou pedrada no debate, o companheiro Inojosa, vítima de tiros também, que felizmente não atingiram a ele, e nem ao veículo. Isso tudo contribui para um clima de intranquilidade. Isso nos preocupa, por que somos da paz, não quero violência, alertou.

O caso já foi comunicado ao comandante do 14º Batalhão, Major Jurandir para que os esforços sejam concentrados na cidade de Sousa. A Coligação de Fábio Tyrone deverá pedir Tropas Federais.

– Eu pedi a ele (Major) que resolvesse isso hoje. Não podemos conviver com esse clima. Sousa não tem esse histórico de violência. Peço mais uma vez, tranquilidade. Eu não posso colocar a vida dos militantes em risco. Não podemos transformar essa eleição em uma guerra.

tiroteio-casa-de-tyrone-2016-19Segundo Fábio Tyrone, foram efetuados cinco disparos em direção à sua residência, dos quais, três acertaram as portas dos quartos, aonde dormiam seu irmão, adolescente, e sua madrasta, os quais por sorte não foram atingidos.
– Esse clima de guerra serve a quem? Esse clima de desespero serve a que? A polícia tem obrigação de tomar uma solução. Aqui peço enfaticamente que não passe de agora, de hoje. Não se pode mais resolver amanhã.

Finalizando, Tyrone mandou recado aos militantes de sua coligação, que não possam agir incorretamente sobre os assuntos da politica, e pediu ao Estado garantia de segurança, por ser uma obrigação das autoridades.

Texto e imagens do site ReporterPB

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!