Início Gerais Posto Paizão virou Central de Boatos

Posto Paizão virou Central de Boatos

Posto Paizão

Antigamente existia em Patos um local onde se sabia de tudo que acontecia na cidade. Era a “Balança”. Ficava na Epitácio Pessoa, no meio fio, em frente ao Rei da Carne de Sol, onde é hoje a Caixa Econômica. Ali se reuniam agiotas, apostadores, vendedores de veículos, radialistas e outras espécies de formadores de opinião. Depois surgiu o Paizão como ponto de encontro de jornalistas, radialistas e profissionais de imprensa. Mas também lá “baixam” políticos, desportistas e outros mais. Além dos curiosos que são atraídos pela vizinhança da Central de Polícia. E quem quer que queira se informar sobre o que aconteça na cidade, passa por ali. O local é acolhedor, ventilado e protegido do sol causticante pela sua coberta alta. E agora, com pouco movimento de veículos virou o local ideal para troca de informações. Entre elas muitos boatos. Vez por outro me repassam um boato que circula por lá. Mas sempre tenho o cuidado de chegar com outras fontes, como deve fazer todo jornalista que se preze. Na sexta, me passaram a informação de que teria havido uma explosão no sistema de oxigênio do Hospital e teriam morrido quatro pessoas. As fontes que consultei não confirmaram a informação. Hoje continuaram os boatos de que o Hospital estava sem oxigênio por falta de pagamento à empresa que faz a manutenção do sistema. Notícia desmentida há pouco pela direção do Hospital. Outra notícia de hoje “dava conta” da morte de meu velho amigo Chico Cirilo. Consultamos pessoas da família que desmentiram a informação. Chico continua em coma no Hospital da UNIMED, mas continua vivo, graças a Deus. E esperamos que se recupere.

Luiz Gonzaga Lima de Morais – Blog da Revista da Semana

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!