Início Gerais Trabalhadores do Porto de Cabedelo na Paraíba realizam protesto

Trabalhadores do Porto de Cabedelo na Paraíba realizam protesto

Ricardo Taboza

Acompanhando a paralisação nacional os trabalhadores avulsos do Porto de Cabedelo na Paraíba, a INTERSINDICAL, CTB e Sindicatos, realizaram na manha desta quarta-feira, dia 30 de novembro uma paralisação onde denunciaram a política, segundo a CTB, “nociva do governo golpista de Temer”, que a cada dia retira direitos dos trabalhadores, entre os quais o aumento da idade para aposentadoria, de 65 para 70 anos, a substituição do negociado sob o legislado, alteração na CLT, além de não efetivar as regras da Lei dos Portos, 12.815/13.

Os empresários do setor querem tirar direitos dos TPAs ( fim da exclusividade agravada com a desobrigatoriedade do uso do trabalhador do OGMO mesmo dentro do Porto organizado, o que os empresários chamam de isonomia entre empresas de dentro e fora do Porto- TUPs).

Para o presidente do Sindicato dos Conferentes e da Intersindical do Porto de Cabedelo, Ricardo Taboza, é uma grande ameaça aos trabalhadores portuários, em especial aos trabalhadores avulsos, especialmente com a decisão do negociado sobre o legislado, onde os patrões querem a cada negociação, reduzir o ganho dos trabalhadores.

Para agravar ainda mais a situação,  a  não manutenção  das clausulas acordadas nas convenções anteriores, encerrando as mesmas de dois em dois anos, dificulta ainda mais a vida do trabalhador, pois  nas futuras negociações a pauta será bem maior para ser discutida, com possibilidade também de perda maior para os trabalhadores..

O presidente da CTB/PB, José Gonçalves, destacou a importância da unidade dos trabalhadores portuários, na luta para manter as conquistas alcançadas até o momento com muita luta e barrar a ofensiva do governo federal que quer a todo custo flexibilizar as leis trabalhistas para favorecer aos patrões e privatizar de vez os portos brasileiros.

CTB/PB

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!