Início Esportes Flamengo, Corinthians e Atlético Mineiro são campeões estaduais

Flamengo, Corinthians e Atlético Mineiro são campeões estaduais

 

Flamengo arranca virada do Fluminense e fica com o título carioca

Foto: André Fabiano

O Flamengo conquistou o Campeonato Carioca de forma invicta, ao derrotar o Fluminense por 2 a 1, de virada, em partida disputada na tarde deste domingo, no Maracanã. Como havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, o Rubro-negro entrou com vantagem , mas soube reagir depois de ter saindo atrás no marcador e garantiu o troféu. Foi o 34º título estadual conquistado pelo Flamengo que é o maior vencedor entre os clubes do Rio de Janeiro. Henrique Dourado marcou para o Fluminense, enquanto Paolo Guerrero e Rodinei anotaram para o time da Gávea.

Quase 70 mil pessoas assistiram a um jogo muito equilibrado. E o resultado fez justiça ao desempenho da equipe rubro-negra. O Fluminense saiu na frente, logo no início do primeiro tempo, e o Flamengo precisou lutar muito diante de um adversário valente para alcançar o empate e depois a virada, transformando o Maracanã num palco de uma grande festa.

Corinthians empata com a Ponte e é a primeira força do Estado

Djalma Vassão – Gazeta Press

O Corinthians é a primeira força do Estado de São Paulo. Neste domingo, o antes contestado time dirigido por Fábio Carille contrariou de vez as análises de quem o via abaixo dos rivais Palmeiras, Santos e São Paulo em 2017. Empatou por 1 a 1 com a Ponte Preta, adversária que havia derrotado por 3 a 0 na semana passada, e sagrou-se campeão paulista em sua centésima partida em Itaquera. Os gols foram do atacante paraguaio Ángel Romero e do zagueiro Marllon.

A supremacia do Corinthians no torneio estadual também é histórica. Com mais uma conquista, o clube do Parque São Jorge passou a contabilizar 28, bem à frente de Palmeiras (22), Santos (22) e São Paulo (21). De quebra, arrecadou os R$ 5 milhões do prêmio oferecido pela Federação Paulista de Futebol (FPF) – a Ponte receberá R$ 1,650 milhão pelo vice-campeonato –, importantes em época de crise financeira.

O Corinthians só terá pouco tempo para comemorar. O campeão paulista será colocado à prova em outras duas competições ainda nesta semana. Irá a Santiago para enfrentar a Universidad de Chile na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana – ganhou o jogo de ida por 2 a 0. E, no sábado, atuará contra a Chapecoense outra vez em Itaquera, onde ganhou o seu primeiro título, pela rodada inaugural do Campeonato Brasileiro.

Do outro lado, a Ponte Preta, que perderá alguns dos seus destaques ao término do Estadual, viu novamente adiado o sonho de enfim angariar o troféu de um torneio expressivo para a sua esvaziada galeria. A derrota para o Corinthians de 2017 se soma às quedas para o mesmo oponente nas finais estaduais de 1977 e 1979. No próximo domingo, o time de Campinas buscará a reabilitação emocional contra o Sport, no Moisés Lucarelli, pelo Brasileiro.

Galo acaba com jejum de dois anos contra o Cruzeiro e é campeão mineiro

Foto: Divulgação

O Atlético-MG é o Campeão Mineiro de 2017. O título foi garantido após vitória sobre o Cruzeiro, na tarde deste domingo, por 2 a 1, no estádio Independência. Além da taça, o triunfo acaba com a sequência sem vitórias: mais de dois anos sem bater o maior rival, algo que incomodava o torcedor.

O título foi conquistado após dois jogos bem feitos pelo Atlético. No primeiro, o Galo se segurou, jogando no Mineirão, com maioria da torcida adversária nas arquibancadas. O alvinegro então montou sua estratégia de se defender e atacar nas melhores oportunidades, algo que foi bem feito.

Na partida final, o Galo foi para o seu estádio, local que gosta de jogar e seus atletas preferem ter seus jogos. Com a maioria de seus torcedores e podendo jogar por um empate, por ter feito melhor campanha na primeira parte do Campeonato Mineiro, o Galo montou novamente se estilo de jogo e não facilitou a vida cruzeirense.

Roger Machado mandou a campo um time com três volantes, mas isso não fazia do Atlético um time retrancado. Aliás, em comparação ao primeiro confronto, o Galo foi até mais solto. Diante disso, o Atlético foi superior e garantiu a vitória, o fim do jejum e a taça do Campeonato Mineiro.

O Galo volta a campo na quarta-feira, contra o Godoy Cruz, no Independência, pela Copa Libertadores. Já o Cruzeiro vai até o Paraguai jogar contra o Nacional, pela Copa Sul-Americana.

Gazeta Esportiva

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!