Início Locais Mães de autistas vão à Câmara e dizem que a Prefeitura de...

Mães de autistas vão à Câmara e dizem que a Prefeitura de Patos não cumpriu o prometido

Ontem (quinta 24/05) o grupo de mães de autistas TEA – Morada do Sol voltou à Câmara Municipal de Patos para cobrar as ações da Prefeitura, prometidas desde a audiência pública sobre autismo, no último dia 02 de abril.

Lucimara Rodrigues, mãe de Samuel, ocupou a tribuna para cobrar celeridade na regularização de situações precárias nos serviços da saúde e da educação para autistas de Patos e região.

Foram três as principais reivindicações: 1) a contratação imediata de um médico psiquiatra para o CAPS Infantil, que está há mais de um mês sem o profissional; 2) a ampliação nos serviços especializados do CER, uma vez que a prometida ampliação do horário de atendimento (8h às 20h) não foi cumprida e as filas permanecem imensas – há crianças que estão há mais de 2 anos na fila; e 3) a contratação imediata dos cuidadores especializados para os alunos autistas das escolas municipais.

Na ocasião, também se cobrou uma posição da prefeitura em relação às duas profissionais do CER, únicas terapeutas ocupacionais do centro, que há 4 meses solicitaram um aumento nos seus honorários, visto que o que recebem não é suficiente para cobrir despesas de locomoção e estadia em nossa cidade, já que ambas são de João Pessoa. O aumento foi prometido, mas não cumprido. As profissionais comunicaram que, caso sua solicitação não seja atendida, precisarão deixar os seus postos de trabalho.

Os prejuízos no desenvolvimento de crianças podem ser irreversíveis caso não sejam estimulados e acompanhados regularmente. Lucimara, na tribuna da Câmara, disse que “as mães não estão mais pedindo, mas gritando pela regularização dos serviços”.

Assessoria TEA – Morada do Sol

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!