Início Locais Educadora física treina Carlinhos para que ele volte a perder peso. Vídeo

Educadora física treina Carlinhos para que ele volte a perder peso. Vídeo

Depois de 50 dias de greve os servidores públicos municipais de Patos retomaram às suas atividades e na manhã desta segunda-feira, 28/05, o jovem Carlos Antônio dos Santos (Carlinhos) voltou a praticar exercícios físicos, acompanhado pela educadora física Adriana Nunes.

Carlinhos tem 31 anos, sofre de problemas mentais e obesidade mórbida e vem em tratamento há anos para perder peso. Chegou a pesar 476, mas perdeu mais de 200 quilos graças a um tratamento rígido realizado inicialmente no Hospital das Clínicas em Recife e posteriormente com os profissionais da UBS Pedro Leandro, no Monte Castelo, e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF 7), em Patos. Além da educadora física ele também é acompanhado por um psicólogo, uma assistente social e um fisioterapeuta. Também era acompanhado por uma nutricionista, que foi demitida há cinco meses pela Prefeitura e ninguém foi indicado para substitui-la no acompanhamento do jovem até agora. “Ele tinha acompanhamento nutricional, mas atualmente não está tendo. O prefeito demitiu a nutricionista e não colocou outra no lugar e já faz mais de cinco meses que a equipe NASF está sem nutricionista”, disse Adriana.

A educadora física Adriana Nunes informou que vai intensificar os exercícios com o jovem Carlinhos porque ele vem desrespeitando a dieta (e sem nutricionista agora ficou mais complicado ainda) e está ganhando peso.

Em julho do ano passado Carlinhos estava pesando 190 quilos, o peso mínimo que ele conseguiu desde que foi internado com mais de 400 quilos; mas de lá para cá, embora não se saiba quanto ele está pesando neste momento, é visível que o jovem tem voltado a engordar.

Carlinhos quer comer a toda hora, de forma compulsiva, e as equipes enfrentam dificuldades para mantê-lo perdendo peso. Um tênis especial, feito sob encomenda pela Indústria Carreiros, em Patos, depois de um pedido da professora Adriana Nunes, foi entregue ao jovem para que os exercícios fossem intensificados. Apesar dos esforços da equipe que o acompanha e da família, os desafios são enormes e nem sempre os resultados aparecem.

As equipes da UBS Pedro Leandro, no Monte Castelo, e do NASF, estão planejando levá-lo brevemente para uma nova pesagem na balança da CEASA. Levá-lo até lá, assim como manter o seu tratamento, no entanto, não é fácil, por isso a educadora física Adriana Nunes está fazendo algumas cobranças à Prefeitura visando melhorar a qualidade de vida e facilitar o treinamento do jovem. “Estamos precisando de um carro para levá-lo para treinar na praça, precisamos de uma balança e de um aparelho de verificar pressão. É importante acompanharmos os batimentos cardíacos dele, um aparelho superbarato e que não custa à Prefeitura comprar. Já pedi via ofício”, disse a professora.

A educadora física disse que após 50 dias sem treiná-lo, por conta da greve dos servidores, o jovem está num ritmo mais lento, mas ainda com uma boa capacidade cardiorrespiratória. “Infelizmente é difícil avaliar Carlinhos de forma mais constante por falta de uma balança específica para obeso, por falta de um aparelho de verificar pressão que caiba no braço dele. É preciso que eu faça o acompanhamento dos batimentos cardiorrespiratórios, uma vez que ele passa mal se eu intensificar o treino, e esses equipamentos nós já solicitamos à prefeitura e ao próprio gestor, mas até agora nada”, disse Adriana Nunes.

Veja o vídeo realizado com Carlinhos pela professora Adriana Nunes na manhã desta segunda-feira, 28/05.

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!