Início Esportes Patoense Balu é convidado pela quinta vez para ministrar aulas de capoeira...

Patoense Balu é convidado pela quinta vez para ministrar aulas de capoeira em Paris

O patoense Gilberlan Vieira da Silva, conhecido por Balu (irmão do saudoso cantor Bervan Vieira), de 48 anos, embarca nesta quinta-feira (18) para Paris, para ministrar mais uma oficina de capoeira. É a quinta viagem dele à cidade luz.

Balu começou a se interessar por capoeira quando tinha 21 ano, e fundou, junto com o Mestre Pessoa, a Associação de Capoeira Raça Nova. Há cerca de oito anos ele se tornou mestre de capoeira, recebeu certificado de reconhecimento, e hoje é um dos maiores representantes e divulgadores desse esporte no sertão. Recentemente promoveu um grande evento desse esporte em Patos, inclusive com a presença de 27 franceses e pessoas de outras nacionalidades. “Capoeira não é só esporte não, é arte, é dança, é música também, eu respiro Capoeira”, disse ele.

O mestre reside no Monte Castelo e dá aulas de Capoeira no Centro Social Urbano, no Bairro do Jatobá. Também já foi professor e orientador de cursos de capoeira em várias cidades da região, a exemplo de Várzea, Mãe D’água e Vista Serrana.

Desde 2011 que ele é convidado periodicamente pela francesa Mestra Jô, do Grupo de Capoeira Viola, de Paris, e que é casada com o músico patoense Meroh Alves, para participar de oficinas na capital francesa. “Mestre Jô é francesa e adora a cultura brasileira, principalmente a capoeira, e tem realizado intercâmbios culturais entre o Brasil e a França”, disse ele.

A cada dois anos Balu vai à França ministrar aulas de capoeira. Esteve lá em 2011, 2013, 2015 e 2017, e agora embarca mais uma vez.  “Normalmente fico de 15 a 22 dias na França dando aulas e a receptividade é sempre muito boa por parte dos franceses. Eles admiram a cultura brasileira”, finalizou.

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!