Início Locais Deleon Souto participa de Sessão Ordinária para prestar contas do seu trabalho...

Deleon Souto participa de Sessão Ordinária para prestar contas do seu trabalho na FUNDAP

Após convite dos vereadores da Câmara Municipal de Patos, o ex-presidente da Fundação Cultural de Patos- FUNDAP, Deleon Souto, esteve participando da Sessão Ordinária desta quinta-feira(16), onde fez uso da Tribuna Livre para prestar contas do período em que ficou a frente da Fundação Cultural de Patos- FUNDAP e responder alguns questionamentos dos vereadores a respeito da realização do São João de Patos 2019.

Na noite de hoje estivemos fazendo um balanço da nossa gestão à frente da FUNDAP, foram pouco mais de 8 meses realizando e promovendo cultura , com cultura democrática e acessível. Viemos também apresentar e defendermos nossos argumentos com relação a realização do São João. Eu acho que nunca se foi tão debatido nesta Casa como também nas rádios o tema cultura. Então foi uma oportunidade da gente levantar essa problemática e discutir cultura. Todos os vereadores prestigiaram e mostramos nosso relatório do que fizemos nesse período e vim dizer e afirmar que vamos continuar lutando pela Cultura”, destacou Deleon.

Na mesma sessão, o vereador Ivanes Lacerda, apresentou o projeto de Lei que dispõe sobre a proibição de nepotismo no âmbito dos órgãos da administração direta e indireta do Poder Executivo Municipal.

‘Nosso projeto visa trazer e estabelecer a moralidade pública como princípio constitucional. O projeto vai ser encaminhado a Comissão de Constituição, Justiça e Redação a qual emitira o seu parecer de constitucionalidade e depois vai a deliberação no plenário”, explicou Ivanes.

Ainda foram aprovados, em 2ª votação, os projetos de Lei do vereador Ederlan de Oliveira (Góia) que dispõe sobre a obrigatoriedade dos preços normais e promocionais dos produtos comerciais diretamente aos consumidores, no âmbito do município de Patos e o outro que dispõe sobre a obrigatoriedade na tramitação e julgamento dos processos administrativos em que figure como parte pessoa com idade igual ou superior a sessenta anos, nos órgãos da administração pública direta e indireta do município.

O projeto da vereadora Fatinha Bocão que dispõe sobre a transmissão ao vivo, por meio das internet dos processos licitatórios, bem como a sua gravação em áudio e vídeo no âmbito do município e o projeto de lei do vereador Toinho Nascimento que cria o Largo Santa luzia no bairro do Monte Castelo, também foram aprovados em 2ª votação, por unanimidade.

Já o vereador Edvar Cambirota apresentou o projeto de Lei em que institui o programa municipal de apoio aos catadores de materiais recicláveis.

 

Assessoria 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!