Início Locais Movimentos sociais e sindicais definem prioridades para o Orçamento Democrático, em Patos

Movimentos sociais e sindicais definem prioridades para o Orçamento Democrático, em Patos

Em uma plenária realizada do Orçamento Democrático na sede da UAC na tarde desta terça, 21, foram definidas as prioridades que serão defendidas nesta sexta-feira, dia 24 no Ginásio O Gelão no bairro do Jatobá.

As demandas e propostas que serão defendidas no OD são as seguintes:

1- 100% de saneamento básico em Patos, acabando com a poluição dos rios da Cruz, Farinha e Espinharas, pois o município tem apenas 7% de esgotamento sanitário.

2- Reconstrução/construção da Escola Estadual Maria Nunes no Bairro do São Sebastião. O não funcionamento da Escola trouxe enormes prejuízos as comunidades.

3- Construção de um restaurante popular na Zona Norte da cidade de Patos, contemplando 9 comunidades, além do centro, como também estudantes, professores, funcionários da Universidade Estadual da Paraíba e demais escolas existentes.

4 – Construção da Alça Oeste, interligando os bairros da Vila Mariana na BR 230, com o Conjunto Itatiunga na PB 361, saída para Piancó, até o Conjunto Nova Conquista ( Mutirão), na PB 110.

Estiveram presentes a coordenadora do OD na regional de Patos, Cida Dias, além dos conselheiros José Ilton, Carminha Soares, Francisca Vasconcelos e Júnior Medeiros de Várzea.

Para o sindicalista José Gonçalves, presente na reunião, é o momento de pensar nas demandas macro no município de Patos, especialmente na mobilidade urbana e saneamento básico, que historicamente foram esquecidas pelos gestores municipais. “Não justifica uma cidade com mais de cem mil habitantes termos apenas 7% de esgotamento sanitário e uma obra de mobilidade urbana que desafete o grande trânsito no centro da cidade”, disse o mesmo.

Todas as associações comunitárias urbanas e rurais de Patos, como também, demais entidades serão mobilizadas para o OD 2019 em Patos.

Sinfemp.com

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!