Início Cultura FUNES promove Forró dos Namorados e homenageará Jackson do Pandeiro

FUNES promove Forró dos Namorados e homenageará Jackson do Pandeiro

No próximo dia 07 de junho a Secretaria de Cultura do Estado (Secult), através da Fundação Ernani Satyro, realiza no Terreirinho do Forró, em Patos, o IV Forró dos Namorados.

Este ano, o evento será em homenagem ao centenário de José Gomes Filho – o Jackson do Pandeiro, um dos maiores músicos do Brasil, que nasceu em Alagoa Grande, Agreste paraibano, em 31 de agosto de 1919.

O Governo do Estado celebra o artista natal com a instituição do Ano Cultural Jackson do Padeiro, aprovado em decreto publicado em outubro de 2018. Na edição de 2019, o ‘Dono do Forró’ vai convidar a comadre Sebastiana para dançar e xaxar no Terreirinho do Forró, a partir das 19h ao som de Márcio Diniz, banda da Polícia Militar da Paraíba, quadrilha Pé de Moleque, GRW show e Trio Avexado.

O evento tem o apoio da Fundação Cultural de Patos – FUNDAP e objetiva manter acesa a tradição junina reconhecida de forma autêntica, bem como respeitar a cultura local e os talentos de nossa região.

Jackson do Pandeiro nasceu no Engenho Tanques, em Alagoa Grande, e morou boa parte da vida em Campina Grande onde começou a admirar a música incentivado pela mãe, a cantadora de coco Flora Maia, que botou o filho para tocar zabumba aos sete anos.

O paraibano recebeu o apelido de Jackson inspirado em Jack Perry – personagem americano de filmes de faroeste, do qual era fã. O artista trabalhou em rádios de Campina Grande, João Pessoa e Recife quando começou a receber atenção da mídia e ficou conhecido como o homem orquestra pelo domínio da percussão.

Somente em 1953, aos trinta e cinco anos, Jackson gravou o seu primeiro grande sucesso: “Sebastiana” – de Rosil Cavalcanti, que o lançou para o Brasil e para o mundo. Logo depois, emplacou outro grande hit: “Forró em Limoeiro”. Jackson chegou a fazer duetos e parcerias com nomes como Luiz Gonzaga, Edgar Ferreira e Rosil Cavalcanti e ganhou o titulo do Rei do Ritmo.

Jackson do Pandeiro morreu de embolia pulmonar e cerebral em 10 de julho de 1982, aos 62 anos, em Brasília.

 

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!