Início Internacionais Ex-enfermeiro é condenado por 85 mortes na Alemanha

Ex-enfermeiro é condenado por 85 mortes na Alemanha

Niels Hogel, que foi condenado por 85 assassinatos e pode ter cometido até 300 — Foto: Reprodução/Twitter/@BILD_News

Niels Hogel, um ex-enfermeiro alemão, foi condenado pela morte de 85 pessoas e condenado a servir prisão perpétua. Ele confessou o assassinato de 48 das vítimas.

É a terceira fez que a Justiça o declara culpado. Segundo o jornal “The New York Times”, acredita-se que ele é o maior assassino em série da Alemanha em épocas de paz e, talvez, de todo o mundo.

Há a suspeita de que ele pode ter matado até 300 pacientes durante o período em que trabalhou em duas clínicas no norte da Alemanha, entre os anos de 2000 e 2005.

Os promotores tentaram imputar a ele 97 assassinatos, mas, para a defesa, foram 55.

Para os representantes do ex-enfermeiro Hogel, ele é culpado de 14 tentativas de assassinado e inocentado de 31 casos.

O ex-enfermeiro induzia ataques cardíacos nos pacientes com doses excessivas de medicamentos.

O juiz do caso, Sebastian Buhrmann, afirmou diversas vezes que os crimes eram incompreensíveis.

G1

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!