Início Policial Suspeito de matar homossexual em Itaporanga é preso pela Polícia Civil

Suspeito de matar homossexual em Itaporanga é preso pela Polícia Civil

A Polícia Civil de Itaporanga prendeu na tarde desta sexta-feira (30), Cícero Brasilino de Sousa, no momento em que ele teria ido à Delegacia para se apresentar. Ele é o principal suspeito do crime de homicídio, que vitimou Denisvaldo Mendes Pacheco, de 37 anos de idade. O corpo da vítima, que era travesti, foi encontrado na noite da quinta-feira (29) em uma estrada carroçável nas proximidades da saída de Itaporanga para São José de Caiana. Denisvaldo estava sumido desde a última quarta-feira (28), quando foi visto pela última vez. Na chegada do suspeito na delegacia houve tumulto. Veja vídeo.

De acordo com informações do delegado, Renato Leite, durante as investigações a Polícia Civil ouviu alguns parentes da vítima e descobriu que a vítima e suspeito mantinham um relacionamento amoroso, que havia terminado na última semana. Inconformado com o fim do relacionamento, a vítima procurou o suspeito, que se negava a reatar o relacionamento, porque a esposa dele estava desconfiada do relacionamento entre os dois.

Diante a insistência de Denisvaldo Mendes, o suspeito do crime começou a fazer ameaças contra ele, postando inclusive as ameaças nas redes sociais. Ainda de acordo com o delegado, na manhã desta quarta-feira o suspeito teria cumprido as ameaças e matado a vítima.

Diante dos fatos apurados a Polícia Civil prendeu o suspeito, que foi interrogado e autuado pelo crime.

A polícia acredita que o crime foi praticado com barrote de madeira.

O crime

De acordo com informações da Polícia Militar, um popular passava pelo local, quando sentiu o mau cheiro e percebeu que havia um corpo estendido no chão, acionando em seguida a Polícia Militar. Ao se aproximar os policiais encontraram o cadáver de Renisvaldo, que usava as mesmas vestes desde o dia em que desapareceu.

Em seguida, a PM isolou a área até a chegada do Rabecão para remoção do corpo para o Instituto de Medicina Legal – IML em Patos, para que fossea realizado o exame cadavérico.

Há suspeitas de que Denisvaldo Mendes foi assassinado no local onde seu corpo foi encontrado.

 

Vale do Piancó Notícias

 

 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!