Início Policial “Ele a fatiou como se fosse um açougueiro”, diz delegado sobre a...

“Ele a fatiou como se fosse um açougueiro”, diz delegado sobre a morte de adolescente em Manaíra

Compartilhe!

Em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (16), o delegado de Manaíra, na região de Princesa Isabel, Gutemberg Cabral deu detalhes do assassinato da adolescente Fabrícia Ribeiro Nogueira, 16 anos, ocorrido nessa terça-feira (15). O suspeito é o companheiro da vítima, um jovem de 22 anos, que de acordo com o delegado é de alta periculosidade.

O delegado ainda disse que o suspeito tem fama de possuir poderes sobrenaturais, pois supostamente havia sido abençoado pela avó, (já falecida), uma anciã, rezadeira conhecida na região.

Gutembeg contou que o jovem também tinha fama na região de roubar os ricos e ofertar aos pobres. “Não passa de um bandido comum”, declarou o policial.

Segundo o delegado, o suspeito deu mais de 10 facadas em Fabrícia, que não teve chance de sobreviver.

“Ele a fatiou como se fosse um açougueiro. Ele cortou o abdômen dela completo. Ele é perverso”, disse Gutemberg.

Caso

A adolescente foi espancada e morta com golpes de faca pelo seu namorado, na noite desta segunda-feira (14).

Segundo informações da Polícia Militar, Fabrícia teria discutido com seu namorado durante a tarde, o que resultou em uma agressão. A jovem teria ido até a delegacia formalizar um Boletim de Ocorrência contra o suspeito.

Ao tomar conhecimento sobre a denúncia, o namorado foi até a casa da jovem e a esfaqueou.

Ouça a entrevista concedida por telefone ao jornalista Airton Alves, no jornal Espinharas Notícias da Rádio Espinharas FM, 105,1.

Diário do Sertão

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!