Início Política Juiz nega prisão domiciliar de Waldson de Souza e proíbe ex-secretário de...

Juiz nega prisão domiciliar de Waldson de Souza e proíbe ex-secretário de ficar próximo de Ricardo Coutinho

O juiz Adilson Fabrício negou o pedido de prisão domiciliar que foi feito pela defesa de Waldson (Foto: Walla Santos)

O ex-secretário de Planejamento do Governo do Estado, Waldson de Souza, teve sua prisão mantida durante audiência de custódia nesta quarta-feira (18). Ele foi preso nesta terça-feira (17) durante a deflagração da Operação Calvário e passou por audiência de custódia na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba.

O juiz Adilson Fabrício negou o pedido de prisão domiciliar que foi feito pela defesa de Waldson. De acordo com a defesa, o filho de Waldson tem necessidades especiais e a sua esposa sofre de depressão, sendo a sua presença em casa de fundamental importância para o equilíbrio de ambos.

Adilson Fabrício determinou que Waldson seja encaminhado para a Penitenciária de Segurança Média no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Além de negar a prisão domiciliar, o juiz ainda determinou que Waldson permanecerá preso com a condição de ficar separado de Gilberto Carneiro, Ricardo Coutinho e Coriolano Coutinho. Segundo o magistrado, esses quatro não podem ter contato um com o outro de forma alguma.

Apesar do rito da audiência de custódia estar sendo feito pelo juiz Adilson Fabrício, todo o teor da audiência de custódia será analisado e a decisão final será dada posteriormente pelo relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Ricardo Vital.

ClickPB

Print Friendly, PDF & Email
Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o portal Folha Patoense não publicará os comentários dos leitores. Voltaremos ao normal logo após o período eleitoral.