Início Saúde Complexo Hospitalar de Patos participa de ação educativa que busca conscientizar população...

Complexo Hospitalar de Patos participa de ação educativa que busca conscientizar população para reduzir acidentes de trânsito na cidade

Dos 3.290 procedimentos cirúrgicos realizados pelo Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), entre o dia 1º de janeiro e 30 de novembro, 1.531 foram procedimentos ortopédicos. Destes, a grande maioria dos casos foi proveniente de intercorrências por causa de acidentes de trânsito, especialmente, envolvendo motociclistas. E é justamente para alertar a população para a gravidade desta situação e buscar formas de se reduzir esses acidentes, a partir de medidas preventivas, que vários órgãos e instituições voltaram a se mobilizar, pelo segundo ano consecutivo, para realizar uma campanha educativa em Patos.

A primeira ação da campanha 2019 foi a realização de uma audiência pública, na última segunda-feira (16), onde se debateu políticas de redução de acidentes de trânsito. Até o dia 23, haverá outras atividades. O Complexo é parceiro da campanha da STTrans, que conta ainda com a participação da Prefeitura de Patos, do Hospital Infantil Noaldo Leite, SAMU, Corpo de Bombeiros, BPTran, Detran, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, além de grupos de ciclistas e motociclistas que se engajaram este ano.

O tema é o mesmo do ano passado: “O ano termina, mas a vida continua’. De acordo com a programação, nesta terça-feira (17), houve o lançamento de um folheto educativo ‘Acidente pode ser evitado’, na Praça Getúlio Vargas. Nesta quarta-feira (18), haverá panfletagem em vários pontos da cidade e nos dias 19 e 20, acontecerá o Pit Stop ‘Motorista Consciente’, no primeiro dia, às 8h, e no dia seguinte, às 19h. No dia 21, as equipes farão uma caravana educativa nos bares, com abordagens e distribuição de material informativo e o encerramento da campanha acontecerá com uma caminhada, cuja concentração está marcada para às 7h, na Praça Edvaldo Motta.

A diretora geral do Complexo Hospitalar de Patos, Liliane Sena, lembra a importância da conscientização das pessoas para a redução de dados tão alarmantes e que da primeira ação, ano passado, até agora, graças a essa mobilização, já se nota uma mudança de comportamento das pessoas no trânsito. “Acidentes de trânsito causam transtornos diversos e não apenas na rede pública de saúde, que absorve quase a totalidade destas demandas, mas na família do acidentado, nas empresas que ficam sem seus funcionários e no próprio acidentado que muitas vezes fica com sequelas para o resto da vida. E a gente sabe que muito desses acidentes poderiam ser evitados com medidas básicas e elementares de precaução”, destaca Liliane. Não dirigir após ingerir bebidas alcoólicas, respeitar as leis de trânsito e a sinalização e obedecer os limites de velocidade são apenas algumas dessas ações preventivas.

Na última semana

O mais recente relatório de atendimentos oriundos de acidentes de trânsito do Complexo mostra que, entre os dias 09 e 15 de dezembro, deram entrada na urgência e emergência da unidade 76 pacientes. Destes, 68 foram de pessoas que se envolveram em acidentes com motocicletas. Outros três casos envolveram automóvel, houve ainda três atropelamentos e mais dois casos com ciclistas. “Em todos os relatórios de acidentes de trânsito do hospital, os acidentes com motocicletas são os mais frequentes”, afirma Liliane, lembrando que é preciso mudar essa realidade e a conscientização da população é o melhor caminho para isso. “Daí a importância de ações educativas como essa”, finaliza a diretora do Complexo.

Assessoria 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!