Início Gerais Jovem de 20 anos que salvou criança de 4 anos de ataque...

Jovem de 20 anos que salvou criança de 4 anos de ataque de cachorro no RJ ganha curso

João Paulo e Patrick do Céu (Fotos: Reprodução: TV Globo)

O jovem Patrick do Céu, de 20 anos, que salvou um menino de um ataque de um cachorro no Rio, ganhou um curso na área de segurança. Ele esteve nesta terça-feira (24) no estúdio do Bom Dia Rio, ao lado do pequeno João Paulo, de 4 anos, e da mãe do garoto, Elisabete.

Telespectadores que viram o caso nos telejornais da TV Globo nesta segunda-feira (23) mandaram mensagens para o Bom Dia Rio. Entre agradecimentos e elogios, vieram duas ofertas.

“Foi um ato heroico. Ele agiu com muita inteligência e agilidade. Vimos que ele está precisando de um emprego. Sendo assim, estamos oferecendo a oportunidade para que você faça um curso de segurança, caso essa seja a vontade dele”, disse o telespectador Wanderson Abreu.

Além disso, ele também terá o celular consertado — o aparelho acabou danificado enquanto ele tentava afastar o cachorro da criança.

“O que você fez foi incrível. Por ter ficado com o seu ato de coragem, decidi consertar o seu aparelho sem cobrar nada”, prometeu o telespectador Marcos Paulo Santos de Azevedo.

Herói tentou adotar cão

Patrick havia levado o pitbull para casa, mas não pôde deixá-lo lá porque a avó já tinha um cachorro. Depois, ele decidiu levá-lo a um terreno baldio, mas sua tia pediu para que também tirasse o animal do local. Ele, então, optou por manter o cão na rua.

“Fiquei monitorando o cachorro. Foi quando o João Paulo e a babá apareceram e o cão avançou. Vi o menino no chão com o cachorro em cima, pensei na minha filha, e graças a Deus consegui separá-los”.

Relembre o ataque

O caso aconteceu na última quinta-feira (19), em um condomínio de casas no Parque Anchieta, na Zona Norte do Rio.

O episódio foi registrado por uma câmera de segurança (veja o vídeo).

O cão apareceu nas redondezas um dia antes. Como Patrick não conseguiu adotá-lo, o cachorro ficou solto.

João andava de patinete quando o pitbull avançou.

“O barulho do patinete estava incomodando (o pitbull). Mas aí ele me pegou por trás e me derrubou”, explicou a babá de João.

Patrick, então, se atracou com o animal, na tentativa de tirá-lo de cima de João. Foram alguns segundos de luta, até que o rapaz pôs João no teto de um carro da vila e, sem conseguir espantar o cachorro, pulou também para o alto do veículo.

Patrick e João ficaram meia hora no refúgio, esperando ajuda, enquanto o cão latia e rosnava, rodeando o automóvel. A ajuda veio com um carro de aplicativo que levou João ao médico. Patrick fugiu pulando um muro.

O pequeno João, alvo do ataque, ficou com o olho inchado e levou alguns pontos no pescoço. “O corte foi bem profundo. Na hora que o médico abriu para lavar, dava para enfiar a primeira parte do dedo. Foi por muito pouco”, contou a mãe, emocionada.

O cão está no Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, em São Cristóvão. De acordo com a Vigilância Sanitária, ele deve ficar em observação por dez dias. O dono ainda não foi encontrado.

O animal não possui nenhum chip que identifique o dono. Durante o período que ele ficará sob observação, os profissionais de saúde veterinária verificarão se o animal está castrado e em plenas condições de saúde.

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!