Início Locais 15 anos da morte de Vilielson; quase 10 anos da morte de...

15 anos da morte de Vilielson; quase 10 anos da morte de Júnior, irmãos mecânicos que amavam a velocidade e morreram tragicamente em Patos

Júnior e Vilielson

No local conhecido como Beco da Conceição, no centro de Patos, lugar onde se deu a histórica peleja entre Romano da Mãe D’água e Inácio da Catingueira, existia até recentemente a oficina de Vitor de Oliveira Santos, mais conhecido como Vitão das Motos.

Vitão, que já não mais está na ativa e se recupera de problemas de saúde, trabalhava junto com dois de seus filhos: Vilielson Mendes e Vítor Júnior, excelentes mecânicos, reconhecidos como entre os melhores em Patos no conserto de motocicletas.

Os irmãos Vilielson e Júnior, como o chamavam, amavam a velocidade, corriam muito e empinavam suas motos, e ambos morreram tragicamente em acidentes, com seis anos de distância de um para o outro.

Vilielson era solteiro e morreu aos 30 anos de idade, na tarde do dia 31 de dezembro de 2004, há exatos 15 anos. Ele estava em um Jet Ski no açude do Jatobá quando colidiu com um cabo de aço puxado de um poste até o manancial. No impacto ele foi violentamente atingido no pescoço e morreu na hora.

Júnior era casado e morreu há quase 10 anos, na noite do dia 12 de fevereiro de 2010, aos 38 anos. Ele trafegava sozinho em uma moto no bairro do Jatobá, em Patos, quando sofreu um grave acidente e morreu na hora. Deixou uma filha: Anne Karoline Mamede, hoje com 25 anos.

A morte dos irmãos, que eram grandes mecânicos, que amavam a velocidade, que tinham grandes amigos, enlutou a cidade de Patos. “Estarão sempre presentes em nossos corações”, disse a irmã Vilma Lúcia Mendes de Oliveira.

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!