Início Política Propina bancou até os móveis do escritório particular de Ricardo Coutinho, no...

Propina bancou até os móveis do escritório particular de Ricardo Coutinho, no Bairro dos Estados, revela ex-assessora de Gilberto Carneiro

O ex-governador Ricardo Coutinho acertou propina para a Cruz Vermelha Brasileira assumir o Hospital de Trauma, acordou outros valores na compra de equipamentos do Hospital Metropolitano, cobrou  mais recursos para o Ipcep assumir o Hospital de Mamanguape.

As revelações foram  todas feitas por diversos integrantes da organização criminosa, que em acordo de delação premiada, com o Gaeco ou com a Procuradoria Geral da República, confirmaram o ambiente de troca de favores por propinas, contaram detalhes , entregaram gravações, documentos e provas.

Em uma das revelações a ex-assessora da Procuradoria Geral do Estado, Maria Laura Farias Almeida Carneiro, confirmou que até os móveis do escritório particular do ex-governador eram bancados com dinheiro de propina.

“Parte dos móveis adquiridos para o canal 40, paos por meio de propinas, foram destinados, posteriormente, ao escritório de Ricardo Coutinho, no Bairro dos Estados. Acrescentou que adquiriu, com dinheiro de propina, material de informática, celulares e outros tantos objetos, ressaltando ter conhecimento que a casa onde estava instalado o CANAL 40 pertencia a irmã de Ricardo Coutinho, mas a fiscalização daquele imóvel competia a Coriolano Coutinho”, consta do despacho do desembargador Ricardo Vital de Almeida.

Segundo a delação do ex-secretário Ivan Burity os custos com reforma e adequação do prédio do canal 40 em Mangabeira ultrapassaram a R$ 1 milhão, e as instalações ficaram suntuosas, com toda estrutura moderna e salas e ambientes, e até um escritório com suíte para o ex-governador Ricardo Coutinho.

Blog do Marcelo José

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!