Início Policial Delegado confirma que alvo era matar quatro pessoas em Catolé do Rocha....

Delegado confirma que alvo era matar quatro pessoas em Catolé do Rocha. Vídeo

As vítimas fatais Adriana da Silva Gomes, de 20 anos, e Maria Clara Rodrigues, de 18 anos

A Polícia Civil já tem uma linha de investigação definida em relação ao duplo homicídio registrado na noite desta terça-feira (07) no centro da cidade de Catolé do Rocha.

De acordo com informações da polícia militar, as vítimas estavam lanchando na praça Sérgio Maia, próximo à prefeitura, quando uma dupla de moto se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo.

Duas mulheres e um homem foram atingidos. As mulheres, identificadas como Maria Clara Rodrigues, de 18 anos, e Adriana da Silva Gomes, de 20 anos, morreram no local.

Ainda segundo a PM, o ferido foi identificado como Renan da Silva Gomes, que era irmão de Adriana, e companheiro de Maria Clara. Ele foi atingido com um tiro em uma das pernas e foi socorrido em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital Regional de Catolé do Rocha.

A polícia confirmou ainda que uma quarta pessoa que estava no local com as vítimas também era alvo dos assassinos, mas, ela conseguiu fugir.

A investigação

O delegado Homero Perazzo prestou entrevista ao Diário do Sertão e falou sobre o duplo homicídio, e disse ainda que a polícia já tem uma linha de investigação definida:

“As duas vítimas fatais foram atingidas por trás, mas, não temos dúvidas que o alvo dos criminosos era executar as quatro vítimas. O que posso adiantar é que o crime não tem relação a briga de facções ou de famílias que é muito comum na região, se trata de um fato particular que não podemos revelar para não atrapalhar as investigações, mas em breve a sociedade de Catolé do Rocha vai ter uma resposta”, disse o delegado.

A Polícia Civil está realizando operação para tentar localizar e prender os autores do duplo homicídio.

Veja o vídeo:

Diário do Sertão

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!