Início Locais Direção do SINFEMP reafirma calendário de mobilização nos 23 municípios de sua...

Direção do SINFEMP reafirma calendário de mobilização nos 23 municípios de sua base territorial

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 15, o SINFEMP – Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, realizou reunião da Diretoria, reafirmando o calendário de assembleias que serão realizadas no período de 4 a 20 de fevereiro, como também o lançamento da Campanha Salarial 2020 no dia 5 de março em Patos, onde será realizada a primeira paralisação dos servidores públicos municipais.

A pauta das Assembleias nos municípios será sobre o pagamento de Precatórios, implantação da insalubridade, mudança da contribuição dos servidores junto a previdência, passando para 14%, piso salarial dos professores, condições de trabalho dos servidores, rateio do FUNDEF, pagamento de férias e 13° a menor, baseado apenas no salário mínimo ou base, dentre outros.

Em Patos será realizada assembleia no dia 7 de fevereiro; será realizada a assembleia `às 16 horas no Auditório da Associação Comercial, onde será feito o pré-lançamento da Campanha Salarial que tem como tema: Resistiremos na Luta.

O SINFEMP irá fazer um forte trabalho de base, mobilizando os servidores e alertando-os sobre a perda de direitos com o Projeto de Lei que poderá ser enviado a qualquer momento pelo gestor interino de Patos, onde a ameaça é retirada de direitos conquistados em gestões anteriores.

A entidade deliberou que será realizado um forte trabalho junto aos 17 vereadores e vereadoras, para que não votem a proposta de Estatuto que prejudique as mais de 70 categorias.

Para a Presidente do SINFEMP, Carminha Soares, nada justifica um gestor ignorar mais de dois mil servidores efetivos, encaminhado um projeto de lei sem discutir com a entidade sindical e com as categorias que poderão ser prejudicadas.

O sindicalista José Gonçalves afirmou que se a proposta do Estatuto for prejudicial aos servidores, será feita a grande luta.” Não tenho dúvidas que o gestor interino que não gosta do diálogo, da negociação, irá encaminhar o estatuto da maldade, prejudicando os servidores e vamos lutar para derrota-lo na Câmara Municipal de Patos”, disse o mesmo.

O SINFEMP está atento a qualquer projeto que chegue a Câmara Municipal para votação e todas as categorias serão mobilizadas.

sinfemp.com.br

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!