Início Gerais Ceará registra três mortes pelo coronavírus

Ceará registra três mortes pelo coronavírus

Imagem: mattthewafflecat/Pixabay

A Secretaria Estadual da Saúde do Ceará confirmou nesta quinta-feira (26) três mortes por coronavírus no estado. A pasta havia informado duas mortes na tarde desta quinta e atualizou o número momentos depois.

O Ceará tem 211 casos confirmados da doença, conforme boletim divulgado nesta quarta-feira (25) pela Secretaria da Saúde. Os números devem ser atualizados em informativo que será divulgado ainda nesta quinta.

Uma das vítimas é um homem de 72 anos identificado como José Maria Dutra, que morava em Fortaleza e estava internado no Hospital São José. Ele trabalhava, mantinha uma vida ativa e apresentava como como comorbidade diabetes, que era controlada. A identidade das outras vítimas não foi informada.

No laudo da morte consta que o idoso morreu em decorrência de uma insuficiência respiratória causada por uma infecção pulmonar por Covid-19.

Um familiar de Dutra afirmou ao G1 que em 18 de março o idoso se dirigiu à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Edson Queiroz após sentir alguns sintomas de gripe, além de uma febre e falta de ar. Ele foi medicado e voltou para casa. Dois dias depois, na sexta-feira (20), seu quadro de saúde piorou e ele foi internado na UTI do Hospital São José, onde morreu na madrugada desta quinta. A família está em quarentena desde o dia 20.

O sepultamento ocorreu na manhã desta quarta-feira (26), no cemitério Jardim Metropolitano, em Eusébio, na Grande Fortaleza, horas depois da morte. Uma decisão da Justiça do Ceará, do dia 20 de março, proíbe velórios de pessoas que morreram por Covid-19 e determina que o enterro deve ser feito assim que ocorra a liberação do corpo das unidades hospitalares.

Casos no Ceará

O Ceará registra 211 casos do novo coronavírus, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), na quarta-feira.

Além de Fortaleza, com 196 pessoas infectadas com o vírus, também há infectados nos municípios de Aquiraz (6), Sobral (4), Fortim (1), Mauriti (1) e Juazeiro do Norte (1). Outros dois casos são de residentes de outros estados, sendo um da capital de São Paulo e outro de Uberlândia, em Minas Gerais.

O Ceará é o estado do Nordeste a concentrar o maior número de casos confirmados de coronavírus.

Medidas do governo do Ceará

O governo do estado do Ceará anunciou a criação de três unidades hospitalares novas, anexas ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF), ao César Cals e ao Hospital de Messejana, sendo 50 leitos em cada. A Prefeitura de Fortaleza está erguendo um hospital de campanha dentro do estádio Presidente Vargas (PV). O governador anunciou em transmissão ao vivo a aquisição de 600 novas UTIs, mais de 10 mil testes rápidos, entre outras compras, para reforçar o atendimento a pacientes de Covid-19.

Veja as medidas anunciadas entre 16 e 22 de março pelo governo do estado contra proliferação do novo coronavírus:

  • Decreto de situação de emergência na saúde pública;
  • Aulas suspensas em escolas e universidades públicas por 15 dias;
  • Proibição de eventos com mais de 100 pessoas;
  • Compra de mais de 10 mil kits para diagnosticar os casos de Covid-19;
  • Destinação de 200 leitos para enfermaria e 30 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para atender aos pacientes;
  • Compra de 600 UTIs e equipamentos de proteção para os profissionais da saúde;
  • Isolamento social;
  • Suspensão por 10 dias do funcionamento de bares, barracas de praia, restaurantes, lanchonetes, templos e igrejas, museus, academias de ginástica, feiras livres, lojas que prestem serviço de natureza privada, galerias e centros comerciais (liberados os serviços de entrega por aplicativo). As medidas restritivas não se aplicam a bares que funcionem no interior dos hotéis e pousadas, desde que sirvam somente aos hóspedes;
  • Interrupção do funcionamento do metrô em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, a partir de 0h de sábado (21);
  • Fim das viagens intermunicipais, a partir da 0h de segunda-feira (23);
  • Prorrogação do ponto facultativo para os servidores públicos do estado até sexta-feira (27);
  • Barreiras nas divisas do Ceará com outros estados, para fiscalização sanitária;
  • Suspensão das atividades do setor industrial até 29 de março, exceto a produção de itens essenciais;
  • Suspensão por 90 dias (abril, maio e junho) da cobrança de água para consumidores de baixa renda;
  • Suspensão por 90 dias da cobrança da tarifa de contingência;
  • Lançamento de edital para artistas, que farão apresentações on-line;
  • Inspeção de passageiros que chegam pelo aeroporto de Fortaleza.

G1 CE

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!