Início Gerais Sobe para 22 número de mortes por coronavírus no Ceará; estado tem...

Sobe para 22 número de mortes por coronavírus no Ceará; estado tem 658 casos

População em Fortaleza usa máscaras em prevenção ao coronavírus. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Subiu para 22 o número de mortes causadas pelo novo coronavírus no Ceará, conforme dados extraídos às 15h05 desta sexta-feira (3) do Portal Integrasus, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). O número de casos confirmados da doença aumentou para 658 e estão em 22 dos 184 municípios do estado, segundo dados da mesma plataforma, divulgados às 17h.

São 4.023 casos sob investigação e a taxa de letalidade da doença no Ceará está em 3,34%. Fortaleza é o município com o maior número de pessoas infectadas (600), seguido por Aquiraz (15), Sobral (5) e Caucaia (4).

A Sesa passou a disponilizando os dados sobre a Covid-19 pela plataforma Integrasus, com atualizações ao longo do dia, em vez de divulgar um boletim ou informe diário.

Decreto

O governador Camilo Santana (PT) comunicou, na noite desta quinta-feira (2), durante uma transmissão ao vivo no Facebook, que estava estuda prorrogar, mais uma vez, o decreto que proíbe serviços não essenciais de funcionar no Ceará durante a pandemia. A medida está prevista para encerrar no domingo (5).

“Nós já estamos avaliando a prorrogação desse decreto. O que estiver a meu alcance, eu farei para enfrentarmos essa travessia da doença, que é longa e todos precisamos estar unidos. Nós faremos isso com transparência e muita responsabilidade e respeito a cada um dos cearenses. A minha palavra hoje é para chamar atenção para gravidade do problema e para responsabilidade que cada um temos. No mundo inteiro, já estão morrendo pessoas de diferentes idade. Aqui mesmo no Ceará tivemos uma pessoas com 43 anos que morreu”, ressaltou o governador.

Apoio aos autônomos

Os cerca de 17.500 feirantes, ambulantes, permissionários e artesãos cadastrados pela Prefeitura de Fortaleza, até o último dia 31 de março, poderão contar com um auxílio financeiro extra de R$ 100, durante os meses de abril e maio. A informação foi divulgada pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, na manhã desta sexta-feira (3), em entrevista ao Bom Dia Ceará.

A medida faz parte de um conjunto de ações que vêm sendo implementadas para fazer frente à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com o prefeito, uma lei em favor da concessão do benefício, apontado por ele como uma “garantia básica de subsistência”, deve ser enviada em regime de urgência à Câmara Municipal.

Decreto municipal

Além do apoio financeiro aos profissionais autônomos, Roberto Cláudio anunciou que a equipe econômica da prefeitura está realizando estudos para que seja lançado, até a próxima segunda-feira (6), um decreto municipal – “espelhado” no decreto estadual – estabelecendo um pacote fiscal e tributário.

“Estamos estudando o decreto anunciado pelo Governo do Estado (do Ceará), com pacote fiscal e tributário, e obviamente adaptando ele à nossa realidade fiscal e tributária e à nossa condição econômica também”. No último dia 30 de março, o governador do Ceará, Camilo Santana, atendeu à demanda do setor produtivo e anunciou um pacote de medidas de apoio às empresas cearenses.

G1 CE

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!