Início Esportes Patoense promove competição de futebol de mesa com incentivo de portal do...

Patoense promove competição de futebol de mesa com incentivo de portal do Rio Grande do Sul

Ao longo da semana passada, a Gazeta do Sul propôs a leitores o desafio de, em tempos de quarentena, registrarem em fotos ou vídeos partidas de futebol de mesa que tivessem disputado em família, entre pais e filhos ou entre irmãos. Era uma forma de promover e divulgar esse passatempo, que é da predileção de pessoas das mais diversas gerações. Muitas contribuições foram enviadas ao e-mail redacao@gazetadosul.com.br, e de diferentes lugares do Brasil.

Pois o leitor Eduardo Rubens de Medeiros, 44 anos, da distante cidade de Patos, na Paraíba, em pleno Semiárido do Nordeste brasileiro, foi além da simples participação. Mesmo residindo bem longe do Rio Grande do Sul, ele não só enviou fotos como decidiu homenagear a Gazeta pela iniciativa do estímulo ao futebol de mesa. Medeiros idealizou o Torneio Gazeta do Sul de futebol de mesa, em sua realidade familiar. “Vi a matéria divulgada pelo jornal pedindo para registrarem e enviarem para a Redação situações de jogos de futebol de mesa durante a quarentena”, comenta. “Em família, com meu irmão, sempre joguei futebol de botão, como preferimos chamar por aqui.” Eles inclusive criaram a página @ligadosertaofb no Instagram para divulgar os seus campeonatos.

Assim, incentivado pelo desafio lançado pela Gazeta, Eduardo estruturou um torneio triangular envolvendo três equipes gaúchas: Ypiranga, de Erechim; Esportivo, de Bento Gonçalves; e Juventude, de Caxias do Sul. Foram três partidas, disputadas em dez minutos, na regra 12 toques, como explica. Na primeira, o Esportivo derrotou o Ypiranga por um a zero; na segunda, o Ypiranga aplicou três a zero no Juventude; e na terceira, Esportivo e Juventude empataram por um a um. Com isso, o Esportivo de Bento Gonçalves sagrou-se campeão do triangular.

Eduardo levou de tal forma a sério a homenagem à Gazeta do Sul que idealizou até mesmo uma placa de publicidade, nos moldes do marketing à beira do gramado nos estádios. Junto à linha divisória do centro de campo, na lateral da mesa, instalou a placa “Torneio Gazeta do Sul”. A Eduardo e a seus colegas adeptos do passatempo, a Gazeta envia, do Sul para o Nordeste, agradecimento em nome dessa singela homenagem.

Patos, no Semiárido, a cerca de 320 quilômetros de João Pessoa, a capital da Paraíba, possui em torno de 108 mil habitantes. Pujante, consta no ranking dos 20 municípios de interior de Estado que mais crescem no País, ocupando a 16ª colocação. Tem seus pontos fortes no comércio regional e no turismo e é cidade rica em minério, sendo também uma das 20 cidades brasileiras do interior do País com maiores taxas de consumo.

Disposição das peças no jogo entre Ypiranga (amarelo) e Esportivo, que foi o campeão, com a placa do torneio na lateral da mesa

Pai e filha também jogaram

Em Santa Cruz do Sul, em meio à quarentena, quem também aproveitou para relembrar do passatempo do futebol de mesa foi o esportista Reginaldo Soares, 58 anos. Ele é treinador de basquete feminino e, entre outros eventos, orientou uma equipe feminina do UniCo na Copa Brasil Feminina Sub-16 realizada em Curitiba, em 2018, e entre as atletas daquele grupo esteve a sua filha Isadora.

Agora, em tempos de coronavírus, com a interrupção forçada nas atividades do basquete, e com a permanência da família em casa, Reginaldo convidou Isadora a treinarem estratégias de jogo no futebol de mesa. “É uma ótima atividade para reunir a família”, garante. “E segue o desafio!”
Atualmente, Reginaldo, que é técnico de basquete há 40 anos, treina a AMB – Associação das Meninas do Basquete em Santa Cruz, uma associação nova, que iniciou suas atividades neste ano. Isadora é atleta de basquete sub-17 e o acompanha nas horas de lazer.

O técnico de basquete Reginaldo Soares e a filha Isadora disputaram partidas na mesa

Gazeta do Sul

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!