Início Cultura Conheça o Casarão Villa Glória, em São Mamede

Conheça o Casarão Villa Glória, em São Mamede

Um casarão no centro de São Mamede, Região Metropolitana de Patos, chama atenção pela exuberância da construção antiga e riqueza de detalhes, a Villa Glória, uma casa construída no final do século 19, entre os anos de 1890 e 1900, estima-se a época, devido não haver um registro escrito da construção.

Foi construída pelo Coronel Ábdon da Nóbrega, Deputado Provincial e depois Estadual Republicano, foi por muitos anos Chefe Político do Município de Santa Luzia, casado com sua prima Maria da Glória Nóbrega, são os pais de Janúncio Ábdon da Nóbrega, Felipe Ábdon da Nóbrega, Maria da Glória Nóbrega(Glorinha), Maria do Patrocínio Nóbrega, José Ábdon da Nóbrega, Francisco Ábdon da Nóbrega e de Iluminata Nóbrega.

Com a morte do Coronel Ábdon da Nóbrega, o casarão passou a ser utilizado por Janúncio Nóbrega, já político e proprietário da Fazenda São José das Coroas( ainda não existiam as Fazendas Almas e Santa Cruz) e por Maria da Glória Nóbrega, sua irmã e proprietária da Fazenda Pernambuca.

Janúncio Ábdon da Nóbrega foi casado duas vezes, com duas primas suas, primeiro com Ingrácia Cezarina da Nóbrega e depois com Júlia Ferreira da Nóbrega, teve apenas um único filho, do primeiro casamento, Napoleão Ábdon da Nóbrega.

O coronel Janúncio como era conhecido, fez fortuna na então vila de São Mamede(essa pertencia ao município de Santa Luzia) com criação de gado e algodão, chegando a implantar duas usinas de beneficiamento de algodão, uma na própria Fazenda São José das Coroas e a outra na vila de São Mamede, essa funcionava exatamente no prédio onde em dias atuais funcionou por muito tempo a escola CNEC.

Possuía um grande rebanho bovino, espalhado nas Fazendas São José das Coroas e Pernambuca, e nas Fazendas Olho d’Água e Mato Grosso(essas em Santa Luzia).

Como morava na Fazenda São José das Coroas, sempre utilizava o casarão pra pernoitar, juntamente com seus homens de confiança que sempre o acompanhavam e porventura com algum morador de alguma de suas propriedades, ali construiu escritórios, onde realizava seus negócios e fornecimentos.

Maria da Glória Nóbrega foi casada com Ernesto Lima, tiveram quatro filhos, Maria Marta Nóbrega de Lima, Clóvis Nóbrega de Lima, Vera Nóbrega e Maria do Carmo Nóbrega de Lima.

Com o falecimento de Janúncio Ábdon Nóbrega e de sua irmã Maria da Glória Nóbrega, a casarão continuou na família, dessa vez na posse de Napoleão Ábdon da Nóbrega, esse manteve a casa e seus escritórios, também para realizar negócios com algodão, gado e fornecimento de moradores, agora das Fazendas São José das Coroas, Almas e Santa Cruz, gerando renda e muitos benefícios pra toda região.

Depois de Napoleão Ábdon da Nóbrega, passa o casarão da família para Romero Ábdon Queiroz da Nóbrega, que manteve viva a sua história, das fazendas e da família.

Após seu falecimento, o seu filho Romero Ábdon Queiroz da Nóbrega Filho, a quinta geração da família, ficou na posse do casarão, Romerinho como é conhecido, é amante da história, enaltece o histórico cultural da localidade, está cuidado e zelando do patrimônio, reformando, dando maior originalidade ao contexto histórico vivido por sua família.

Curiosidades da Villa Glória

Desde sua construção mantém o mesmo numeral 09, sendo localizada à época na única rua existente da Vila de São Mamede.

Está localizado hoje em dia no Centro do Município de São Mamede, exatamente no cruzamento da Rua Presidente João Pessoa com a Rua Janúncio Nóbrega.

Na parte superior do casarão se ver o nome Villa Glória, uma homenagem do Coronel Ábdon da Nóbrega pra sua esposa Maria da Glória Nóbrega, que terminou por homenagear também uma de suas filhas de mesmo nome, Maria da Glória Nóbrega(Glorinha).

Uma senhora muito conhecida em São Mamede, foi moradora da família Nóbrega na Villa Glória por muitos anos.

Dona Naide, hoje falecida, era muito católica, tornou-se um ícone, por sempre estar debruçada em uma das janelas frontais, com seu terço na mão, rezando e observando o movimento da pacata cidade.

Entre as idas e vindas dos habitantes de São Mamede, Dona Naide como ficou conhecida, findou seus dias no belíssimo casarão Villa Glória.

A Villa Glória confunde-se diretamente com a história da família Nóbrega, com o Município de Santa Luzia, de São Mamede, com a história do Vale do Sabugi.

Texto: Diogo Araujo dos Santos
Adaptações: Romero Ábdon Queiroz da Nóbrega Filho (Romerinho)

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!