Início Locais Seguindo Bolsonaro, prefeito de Patos manda projeto para Câmara aumentando contribuição de...

Seguindo Bolsonaro, prefeito de Patos manda projeto para Câmara aumentando contribuição de 11% para 14%, diz SINFEMP

Sem nenhuma discussão com o SINFEMP – Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, o prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, encaminhou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei aumentando a contribuição do Patos Prev de 11% para 14%, dificultando ainda mais a vida dos servidores públicos municipais, que estão com seus salários e gratificações congeladas desde 2016, com exceção de quem ganha um salário mínimo nacional.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, tudo que é de ruim para os servidores de Patos estão colocando em prática nesse momento de pandemia, justamente aproveitando a dificuldade de fazer mobilização, fazer mobilização de rua, ocupar as galerias da Câmara Municipal, para que projetos perversos não sejam aprovados.

Carminha ressaltou que o Projeto das Gratificações de R$ 400,00 prejudicou os servidores que tem 5 faltas, mesmo justificadas, inclusive os que estão infectados com o coronavírus e como se não bastasse, o prefeito interino Ivanes Lacerda não colocou sua retroatividade a 1° de maio e com isso não pagou no referido mês.

Já para o projeto dos plantões de 12 horas dos médicos nos valores de R$ 1.100,00 (plantões de 12 horas de segunda a sexta) e de R$ 1.200,00 (plantões de 12 horas, aos sábados e domingos), tudo foi resolvido, pois esses profissionais pertencem a categoria do interino. “Para a sua categoria de médicos, tudo de bom, para os demais servidores nada”, disse a sindicalista.

No tocante ao Projeto da Previdência é outro golpe nos servidores públicos municipais, pois numa crise dessa descontar mais 3% de quem já ganha pouco é um verdadeiro absurdo.

O SINFEMP já está trabalhando com sua assessora jurídica para analisar o projeto e ao mesmo tempo, buscará o apoio dos 17 vereadores e vereadoras para encaminhar as demandas, evitando mais um prejuízo aos servidores do Município de Patos.

SINFEMP

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!