Início Saúde Mobilização de combate ao mosquito Aedes Aegypti reúne setores da Secretaria de...

Mobilização de combate ao mosquito Aedes Aegypti reúne setores da Secretaria de Saúde e residentes da UNIFIP na Vila Cavalcante, em Patos

Alunos da residência multiprofissional da UNIFIP, juntamente com a UBS Ministro Ernani Sátiro, Secretaria de Meio Ambiente, Associação de Coleta Seletiva e Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde e Vigilância Ambiental, realizaram na manhã desta terça-feira (07), no bairro Vila Cavalcante em Patos, uma atividade integrada de conscientização sobre a importância de eliminar os criadouros do mosquito Aedes Aegypti (dengue).

Além de caminhar pelas ruas do bairro de forma organizada e buscando coletar materiais recicláveis como plástico e papelão, o grupo ainda repassou orientações importantes sobre como evitar a proliferação do mosquito, seja lavando periodicamente os reservatórios, ou ainda evitando descartar em quintais e terrenos baldios, materiais como garrafas de plástico e outros que possam acumular água da chuva.

Os agentes de endemias intensificaram as orientações com a distribuição de panfletos e colagem de cartazes em pontos estratégicos do bairro.

O profissional de educação física e residente da UNIFIP, Laurindo Nunes, comentou que a iniciativa partiu da observação no tocante ao crescimento dos casos de dengue, principalmente naquela localidade.

Laurindo enfatizou que a destinação do material coletado também foi uma preocupação da equipe de residentes, que prontamente convidou a Associação de Coleta Seletiva para dar a destinação adequada.

Ieda Xavier Guedes, cirurgiã dentista da UBS Ministro Ernani Sátiro e preceptora da equipe de residentes desta mesma unidade, informou que a ação foi também uma forma de conectar a prática dos residentes com o módulo de Vigilância em Saúde. Ieda também colocou que a parceria deu certo, e mostrou entusiasmo para que outras atividades possam acontecer.

A coordenadora da Vigilância Ambiental, Elisangela Queiroz, esteve presente e considerou como importante a iniciativa, tendo em vista que além de educar as pessoas para destinação correta do lixo, ainda promoveu a prevenção das arboviroses, como zika, dengue e chikungunya.

Quem também participou da mobilização foi o secretário do Meio Ambiente, Silvio Moreira. Ele pontuou que a população pode contribuir com a coleta seletiva do lixo e consequentemente evitar a proliferação das doenças. Silvio explicou ainda que a separação do lixo caseiro e algo fácil de praticar, e que as pessoas podem contribuir com essa medida na promoção da saúde em comunidade.

Ainda participaram da mobilização os residentes Helton Araújo (fonoaudiólogo) e Ana Karla Agripino (psicóloga), bem como a Gerente de Vigilância em Saúde, Samara Marques, a coordenadora da atenção básica, Maria Amiracy Medeiros, e a coordenadora do DGA III, Tamara Rocha.

Segunda atividade

No período da tarde os residentes foram até o galpão onde é feita a coleta seletiva do lixo recolhido em toda a cidade, para realizar um trabalho de orientação. De acordo com o residente Emmanuel de Assis Cunha (veterinário), o momento serviu para repassar cuidados essenciais sobre a presença de animais como cachorro, gato, galinha, pombo, entre outros que podem ocasionar problemas de saúde aos trabalhadores daquele local.

Elisangela Queiroz – coordenadora da Vigilância Ambiental (ação de combate à dengue):

Ieda Xavier Guedes – cirurgiã dentista da UBS Ministro Ernani Sátiro (ação de combate à dengue):

Silvio Moreira – secretário do Meio Ambiente (ação de combate à dengue):

Laurindo Neto – profissional de Educação Física (ação de combate à dengue):

Coordecom

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!