Início Locais Sindicalista defende a exoneração de secretários que receberam auxílio emergencial

Sindicalista defende a exoneração de secretários que receberam auxílio emergencial

José Gonçalves

O sindicalista José Gonçalves defende que todos os gestores públicos municipais, depois de confirmado que seus secretários receberam o auxílio emergencial de R$ 600,00, sejam exonerados imediatamente.

Para Gonçalves, é inadmissível ver pessoas carentes que não receberam o auxílio emergencial, até porque muitos não tem acesso a internet e muitos que deveriam ajudar, estão é se aproveitando da situação.”Se os prefeitos forem sérios, terão a coragem de exonerar todos esses senhores/senhoras das respectivas secretarias”, disse o mesmo.

Para o sindicalista, muitos falam e se dizem contra a corrupção, mas no entanto, se aproveitam de uma situação dessa para se beneficiarem ilegalmente.

Segundo o Ministério Público Federal, secretários dos municípios de Areia de Baraúnas, Cacimba de Areia, Emas, Passagem, Patos, Quixaba, Salgadinho, São José do Sabugi e São José de Espinharas, dentre outros Municípios, receberam esses valores de R$ 600,00 e até R$ 1.200,00.

Zé Gonçalves também chama a atenção para alguns empresários, que não estão dentro das normas exigidas para o recebimento, que devam ter recebido indevidamente.

Por último, o sindicalista cobrou a divulgação dos nomes desse pessoal, para que a população tome conhecimento.

Assessoria

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!