Início Gerais Desabamento de prateleiras em supermercado deixa um morto e oito feridos em...

Desabamento de prateleiras em supermercado deixa um morto e oito feridos em São Luís. Vídeo

Prateleiras desabam e atingem clientes e funcionários de supermercado em São Luís (MA) — Foto: divulgação/redes sociais

O desabamento de prateleiras no supermercado Mix Mateus Atacarejo, que aconteceu na noite dessa sexta-feira (2), em São Luís, deixou uma pessoa morta e mais oito feridas, segundo o Corpo de Bombeiros.

Prateleiras com produtos desabaram e atingiram clientes. Vídeos divulgados nas redes sociais mostram estruturas metálicas caídas em uma espécie de efeito dominó.

No momento do acidente, havia uma movimentação intensa de pessoas no supermercado. Ainda não há informações sobre o que provocou o acidente.

Seis feridos foram encaminhados a hospitais pelas equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os outros dois feridos foram socorridos por outras pessoas.

A pessoa que morreu foi identificada como Elane de Oliveira Rodrigues, que trabalhava como colaboradora no supermercado.

De acordo com os bombeiros, a operação de resgate no local durou mais de 11 horas e envolveu 14 viaturas dos bombeiros, 144 bombeiros militares e 131 bombeiros civis, além de ambulâncias e viaturas de outros órgãos.

Após o acidente, o Grupo Mateus, empresa da qual faz parte o supermercado Mix Mateus Atacarejo, emitiu uma nota afirmando que a equipe de gestores e colaboradores acompanhou o trabalho das equipes de resgate e está prestando toda a ajuda a fim de colaborar com as autoridades.

A nota acrescenta também que, em virtude do acidente e em respeito às famílias das vítimas, todas as lojas que fazem parte do Grupo Mateus na capital não funcionarão neste sábado.

Por fim, a nota da empresa pede orações aos envolvidos no acidente e reafirma o compromisso de prestar assistência às famílias atingidas pelo desabamento.

Leia a íntegra da nota.

Grupo Mateus emite nota sobre o acidente em supermercado em São Luís — Foto: divulgação

Inquérito civil

Na manhã deste sábado, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informou que vai instaurar um inquérito para apurar as causas do acidente.

Em nota, o órgão afirma que “envidará esforços para que ocorra o cumprimento rigoroso das normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes”.

“O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável.”

Nota do Corpo de Bombeiros do Maranhão:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) informa que foram confirmadas uma vítima fatal e oito pessoas com ferimentos leves no acidente no supermercado Mateus da Curva do 90, em São Luís. Seis feridos foram levados a hospitais pelas equipes do CBMMA/SAMU; e dois foram por meios próprios. Os bombeiros, as forças de Segurança Pública, a Secretaria de Saúde, o Gabinete Militar do Governo e a Secretaria de Direitos Humanos mobilizaram seus efetivos para localizar e socorrer as vítimas, além de prestar assistência a familiares. Às 20h15 de sexta-feira (2), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atuar na ocorrência no supermercado, onde cinco prateleiras do local caíram com todos os produtos enquanto havia pessoas no local. O CBMMA planejou e executou a operação envolvendo 14 viaturas dos bombeiros, além de ambulâncias e viaturas de outros órgãos, 144 bombeiros militares e 131 bombeiros civis. Durante mais de 11 horas de operação, foram feitas buscas com a Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Saúde, SAMU e Gabinete Militar do Poder Executivo. Foi montado o Sistema de Comando de Incidentes, onde sistematicamente, todas as medidas inerentes à ocorrência foram devidamente executadas. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, das oito pessoas feridas, três foram assistidas pela equipe multiprofissional da UPA do Vinhais, com escoriações e ferimentos leves. Após atendimento e apresentando quadro clínico estável, os pacientes receberam alta médica ainda nesta madrugada”.

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!