Início Gerais Saúde capilar: Covid-19 pode provocar queda de cabelo e tricologista esclarece dúvidas...

Saúde capilar: Covid-19 pode provocar queda de cabelo e tricologista esclarece dúvidas sobre problema

A Covid-19 pode deixar uma série de sequelas na vida das pessoas. Um dos efeitos, considerado secundário, é a queda de cabelo, situação que deixa tanto mulheres quanto homens apavorados. A dermatologista e tricologista do Hapvida em João Pessoa, Marcela Vidal, explica as causas deste problema e afirma que não é uma queda permanente. “A queda de cabelo em decorrência da Covid-19 é devido ao ambiente inflamatório causado pelo vírus. Isso provoca uma perturbação no ciclo de vida do cabelo e ele sai da fase de crescimento para fase de repouso. A intensidade pode depender da gravidade da infecção que o paciente apresentou”, explica.

A especialista ressalta ainda que normalmente é uma queda difusa, ou seja, é espalhada e sem a formação de placas de falhas, em que o paciente pode perceber uma perda de volume capilar que, de forma geral, pode durar em média três meses. Marcela reforça que essa queda capilar em decorrência da Covid-19 não traz malefícios para vida de quem manifesta esse processo. “Não é uma queda que ocasiona calvície. Se o paciente não tem calvície provavelmente recuperará o volume original em seis meses”, esclarece.

A tricologista lembra que, geralmente, a queda se manifesta três meses após a infecção por Covid-19, já que este é o tempo médio de duração do repouso do folículo e a fase final desse período de repouso é quando a haste cai.

Marcela Vidal afirma que não há tratamento específico para impedir que a queda ocorra. “De forma geral a saúde do fio dependerá da saúde do indivíduo: hábitos saudáveis e correção de deficiências nutricionais ou tratamento de doenças crônicas que o paciente apresente. Vitaminas não fazem o cabelo parar de cair, mas podem ajudar fornecendo matéria prima para o novo fio que nascerá”, finaliza.

Assessoria

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!