Início Cultura Artistas e produtores questionam FUNDAP aplicabilidade da Lei Aldir Blanc em Patos

Artistas e produtores questionam FUNDAP aplicabilidade da Lei Aldir Blanc em Patos

Desde que foi divulgada  a notícia das chamadas públicas referentes a Lei Aldir Blanc, em Patos, na última sexta-feira, dia 16,  diversos artistas e produtores culturais questionam a aplicabilidade da lei através da Fundação Cultural de Patos – FUNDAP.

No total, foram lançadas 8 chamadas públicas, que totalizam 215 projetos em diversas áreas, com recursos no valor de R$ 751.404,26 (setecentos e cinquenta e um mil, quatrocentos e quatro reais e vinte e seis centavos). No entanto, o que se questiona nos grupos de WhatsApp, a exemplo do  ‘Cultura Patos’ (gerenciado pela equipe da FUNDAP) é a falta da participação da classe cultural na construção dos editais.

Segundo os participantes do grupo, muitas dúvidas são encaminhando a equipe gestora desde que as chamadas foram publicadas, mas a equipe decidiu se pronunciar somente numa live que acontecerá na próxima terça.  Além do curto prazo para inscrições (que encerram no próximo dia 25), os artistas apontam que os editais dificultam a participação, principalmente os iniciantes. No edital de publicação de livro, por exemplo, exigisse um mínimo de 300 páginas da obra inscrita.

Outro questionamento levantado é o uso do recurso para a execução de projetos já desenvolvidos pela Fundação, a exemplo do projeto “Dendicasa” e a decoração natalina da cidade, que já é de costume entrar no orçamento específico do município. Para esses editais foi reservado R$ 153.000,00 do total disponível para aplicação da lei.

As chamadas estão disponíveis no site da Prefeitura de Patos.

Jr. Misaki
Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!