Início Gerais SES aponta eleições como provável causa para piora nos números da Covid-19...

SES aponta eleições como provável causa para piora nos números da Covid-19 na Paraíba

Convenções em vários municípios da Paraíba terminaram em festa (Foto: divulgação)

Os números do novo coronavírus na Paraíba tiveram uma piora e as autoridades sanitárias estão ligando isso às aglomerações causadas pelos candidatos nas eleições deste ano. As suspeitas têm uma explicação: a elevação começou a ser registrada a partir deste mês, justamente duas semanas após o prazo final das convenções partidárias e o início da campanha de rua.

A média móvel de mortes teve um aumento de 25%, de acordo com o divulgado no fim de semana pela Rede Globo. O secretária de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, apontou o reflexo disso na lotação das Unidades de Terapia Intensiva (ITIs) destinadas ao internamento das vítimas da Covid-19. Ele lembrou que na última sexta-feira (16) o Hospital de Clínicas de Campina Grande estava com 12 dos 15 leitos de UTI Adulto ocupados. Metade dos pacientes são de outras cidades.

Foto: reprodução/Fantástico/TV Globo

As situações mais grave passou a ser registrada no Sertão, onde 64% dos leitos chegaram ser ocupados na semana passada. Este índice sofreu melhora relativa no último relatório, divulgado neste domingo (18). O índice de ocupação no Sertão caiu para 59%, porém, o patamar ainda preocupa as autoridades sanitárias. A Região Metropolitana de João Pessoa tem ocupação de 42%. Em Campina Grande, o índice é de 33%.

“Todas as nossas projeções nos demonstram que desde o início de outubro tivemos uma crescente no número de internações em UTI de adultos, em especial no Sertão. Por óbvio, houve reflexos de crescimentos nos óbitos por data de ocorrência, com alguns dias de crescimento pontuais na Sertão e em João Pessoa, ao utilizarmos as médias móveis de óbitos por data de ocorrência em cada uma das regiões citadas”, disse o secretário Executivo de Saúde, Daniel Beltrami.

“É cada vez maior o número de pessoas que abandonam toda e qualquer medida de proteção assumindo comportamentos de risco, o que pode nos levar a vivenciar aqui no Brasil o que assistimos na Europa neste momento”, acrescentou Beltrami. Até o momento, 2.993 morreram vítimas da Covid-19 na Paraíba.

Jornal da Paraíba

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!