Início Locais Novembro, dezembro e janeiro apresentarão chuvas no interior da Paraíba

Novembro, dezembro e janeiro apresentarão chuvas no interior da Paraíba

Ponte do Rivaldão, em Patos, com céu chuvoso (Foto: Junior Macena)

Nesse mês de novembro, chuvas já foram observadas na região do semiárido nordestino. Na Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará os valores registrados já se encontram acima da média. Para o físico e mestre em meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, o fenômeno La Niña pode ser influenciador desse resultado.

O La Niña é um fenômeno oposto ao El Niño, que acontece, quando a temperatura da superfície do Oceano Pacífico diminui, gerando mudanças nos padrões de chuvas e de temperatura da Terra.

Dessa forma, nos meses de final de ano, novembro e dezembro, as frentes frias que chegam ao sul da Bahia caminham para o norte, atingindo Petrolina e região. A circulação atmosférica, que distribui o calor ao redor da Terra, também influencia, levando parte da umidade trazida pelo La Niña para o interior do semiárido, como é o caso de Patos e região.

Quando a umidade e o calor interagem, acontecem chuvas isoladas, a chamada instabilidade atmosférica. Esse fenômeno é bastante comum, segundo o meteorologista. Ele também ressaltou que entre os dias 17 e 23 de novembro, o semiárido desses três estados deve apresentar chuvas isoladas, que poderão ser fortes, porque há muita umidade ainda no interior da Bahia, que pode chegar até o interior da Paraíba.

O físico prevê, através de análises, que dezembro e janeiro terão chuvas acima da média nos três estados (PB, RN e CE).

Laryssa Cristiny – TV Contexto

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!