Início Locais Média móvel diária de casos de Covid-19 volta a subir em Patos...

Média móvel diária de casos de Covid-19 volta a subir em Patos nos últimos 7 dias

Patos (Imagem: reprodução/TV Contexto)

A média móvel de casos de Covid-19 voltou a subir no município de Patos nos últimos sete dias. 211 casos da doença foram registrados neste período do mês. É o que aponta o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde.

Nos últimos sete dias, Patos registrou uma média móvel de 30,11 casos por dia contra 24,35 dos 14 dias anteriores quando foram contabilizados 341 novos infectados.

Foram analisados 20 dias de novembro com o último dia de outubro.

Se compararmos com a média móvel dos últimos 7 dias de outubro já é possível perceber que os números só subiram de forma exorbitante nesta semana com o fim do período eleitoral.

A média móvel anterior em período de 7 dias até o dia 31 de outubro estava em 14,14 casos/dia (99 casos). Patos mostrava assim uma desaceleração de casos de Covid-19 naquele período.

No entanto, com a maior flexibilização e campanhas eleitorais, os casos só subiram.

O reflexo é o número de pessoas internadas o que é um péssimo sinal. No dia 29 de outubro eram 13 leitos ocupados quando a cidade registrava 19 casos naquele dia.

21 dias depois, já são 29 leitos de enfermaria e UTI ocupados no Hospital Regional de Patos e 33 casos registrados nesta sexta-feira (20).

Patos tinha até esta sexta-feira (20) 5.792 casos confirmados de Covid-19.

Enquanto em 31 dias de outubro foram registrados 450 casos com média diária de 14,51 casos/dia, em novembro, em vinte dias, já foram contabilizados 537 infectados com média de 26,85 casos por dia.

A “média móvel de 7 dias” faz uma média entre o número de casos do dia e dos sete anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o “ruído” causado pelos finais de semana, quando a notificação de casos se reduz por escassez de testagem nas unidades de Saúde que ficam fechadas.

Vicente Conserva – Portal 40 Graus

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!