Início Saúde Hospital de Patos comemora o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por...

Hospital de Patos comemora o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão com ação com equipe de Enfermagem

A lesão por pressão é um dano na pele causado pela pressão exercida em regiões com protuberâncias ósseas ou áreas com dispositivos médicos, por um tempo prolongado o que impede a circulação sanguínea e causa a destruição do tecido. Acomete principalmente pessoas acamadas, cadeirantes ou aquelas com restrições ou impossibilitadas de mudar de posição. A redução desse evento adverso é uma das seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente da Organização Mundial da Saúde (OMS). Na última sexta-feira (20), quando se comemorou o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão, a equipe de Enfermagem do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) participou de uma campanha para lembrar a importância desta prevenção.

Organizado pela Comissão de Proteção e Tratamento da Pele do CHRDJ, a ação aconteceu durante todos os plantões do dia, em todos os postos de Enfermagem. Neles, os profissionais foram abordados e receberam informações e orientações quanto à importância da mudança de decúbito na prevenção da LPP, bem como de demais cuidados com a pele dos pacientes acamados. Como forma de reforço das orientações, foi colocada uma fita rosa no braço de todos os profissionais da Enfermagem da unidade, simbolizando a adesão a campanha: Mude de lado – evite a pressão!

A Presidente da Comissão de Prevenção e Tratamento de Pele do CHRDJC, Aretusa Delfino, reforça a importância das orientações para  melhorar, ainda mais, a assistência ao paciente da unidade. “A idéia foi comemorar a data e reforçar com todos da equipe de Enfermagem as ações que devemos adotar no nosso dia a dia para que a LPP seja evitada nos pacientes admitidos no nosso serviço”, reforça ela. Aretusa lembra ainda que cada profissional, a partir das orientações, tornou-se multiplicador desse ato de prover assistência de qualidade aos pacientes atendidos no serviço de saúde do  Complexo. “Isso deve ser sistemático em nosso serviço, independente, de data comemorativa”, finaliza Aretusa.

Assessoria

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!