Início Política Conselho de Ética aprova suspender por 4 meses mandato de deputado que...

Conselho de Ética aprova suspender por 4 meses mandato de deputado que apalpou colega

Deputado Fernando Cury passa a mão na deputada Isa Penna — Foto: reprodução

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou nesta sexta-feira (5) a suspensão do mandato do deputado Fernando Cury (Cidadania) por quatro meses, no processo em que a deputada Isa Penna (PSOL) o acusa de importunação sexual. A decisão prevê que o parlamentar não seja remunerado durante o afastamento.

A deputada pediu a cassação do mandato do colega após uma câmera da Casa registrar o parlamentar colocando a mão no seio dela.

Na próxima etapa, o processo segue para a Mesa Diretora da Alesp, que vai encaminhar o caso ao Plenário. Os deputados podem ou não ratificar a decisão do conselho.

Em nota, a deputada repudiou o resultado. “A sessão da Alesp foi um tapa na cara de todas as mulheres, mas vai ter volta, no plenário agora ninguém vai me calar”, afirmou.

defesa do deputado estadual Fernando Cury informou em nota que recebeu a decisão do Conselho de Ética de forma muito respeitosa e, a partir desse momento, espera a apreciação do caso em plenário.

(Correção: o G1 errou ao informar que o deputado seria suspenso por 3 meses com remuneração. Ele foi suspenso por 119 dias, quase 4 meses, e não receberá remuneração no período. O gabinete dele permanece funcionando, a equipe receberá salários e a verba poderá ser utilizada. A informação foi corrigida às 12h30.)

Veja a matéria completa no G1 SP.

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!