Início Locais Não é um pedido da Diocese de Patos neste momento para ser...

Não é um pedido da Diocese de Patos neste momento para ser reconhecida como atividade essencial, diz Dom Eraldo sobre as atividades religiosas

O Bispo Diocesano de Patos, Dom Eraldo emitiu uma carta que foi enviada para ás Câmaras Municipais do território que compõem a Diocese, nesta quinta-feira(4).

Na carta o Bispo Dom Eraldo agradece o reconhecimento dos legislativos, mas, diz que não é o momento para tão propositura. Em outro momento essa pauta pode ser executada.

Dom Eraldo reconhece a boa intenção de vereadores de câmaras da Região Metropolitana de Patos de apresentar PL tornando essenciais atividades religiosas, agradece e diz: “Não é hora de lutar em defesa de interesses de grupos, de pessoas ou de instituições.”, lembrando que não se trata de um pedido da Diocese de Patos. A prudência e o compromisso com a coletividade nos inspiram atenção e especial cuidado à vida. Afirma o Bispo Diocesano.

A vereadora de Patos, Nadir Rodrigues (Republicanos) foi quem colocou essa propositura na Casa Juvenal Lúcio de Sousa, mas, o Projeto foi arquivado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), baseado no parecer do jurídico da Câmara de Municipal de Patos.

O outro lado 

Nadir disse ao Blog do Jordan Bezerra que o objetivo do Projeto de Lei não é contrariar os decretos do estado e do município vigentes, mas, apenas reconhecer e valorizar o belo trabalho que das igrejas; Católica e Evangélica, que estão realizando em tempos de pandemia.

Veja a carta do bispo Dom Eraldo:

Confira a carta.

Blog do Jordan Bezerra 

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!