Início Famosos Vídeos de músicas com DJ Ivis são removidos e têm comentários desativados...

Vídeos de músicas com DJ Ivis são removidos e têm comentários desativados no YouTube após agressões contra ex-mulher

Xand Avião, MC Danny e DJ Ivis (Foto: Nara Fassi)
Compartilhe!

Artistas que participaram de músicas com Iverson de Souza Araújo (DJ Ivis) estão desativando os comentários ou até removendo os videoclipes no YouTube desde a divulgação das imagens onde o cantor aparece agredindo a ex-mulher, Pamella Holanda. A arquiteta e digital influencer publicou as agressões nas redes sociais no último domingo (11). DJ Ivis foi preso preventivamente nesta quarta-feira em um condomínio de luxo na cidade de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Pamella Holanda, a ex-mulher do DJ, publicou no domingo (11) vídeos gravados pela câmera de segurança da residência mostrando as agressões contra ela com chutes, socos e empurrões. Tudo aconteceu na frente da filha e de outras duas pessoas.

O clipe de ‘Esquema Preferido’, uma das músicas mais famosas com participação de DJ Ivis, foi retirado do canal oficial de Tarcísio do Acordeon, artista que divide a música com o paraibano.

O cantor Vitor Fernandes manteve o clipe de ‘Oi Sumida’ no Youtube — que conta com mais de 140 mil visualizações em um mês de lançamento — mas o título da música não tem o nome de DJ Ivis, e os comentários do vídeo estão desativados.

Já DJ Guuga também manteve o vídeo de ‘Volta Bebê, Volta Neném’, que tem mais de 185 milhões de visualizações, e o nome de DJ Ivis no título, mas também desativou os comentários do clipe.

Os vídeos publicados no próprio canal oficial do YouTube de DJ Ivis estão desativados desde a divulgação as agressões contra a ex-mulher.

Já a música ‘Não pode se apaixonar’, em parceria com Xand Avião e MC Danny, não foi encontrada nos canais oficiais de nenhum dos três artistas.

Prisão

DJ Ivis foi preso nesta quarta-feira (14) em um condomínio de luxo no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza depois de aberto inquérito contra ele por violência doméstica contra Pamella.

A arquiteta mostrou as agressões contra ela com chutes, socos e empurrões. Tudo aconteceu na frente da filha e de outras duas pessoas, a mãe dela e um funcionário dele, identificado como Charles Barbosa.

Tornozeleira eletrônica e pedidos da defesa de DJ Ivis

O advogado do DJ Ivis afirmou, nesta quinta-feira (15), que irá entrar com um pedido de conversão da prisão preventiva do cantor em medidas cautelares, como o uso de tornozeleira. A ideia é que ele cumpra obrigações judiciais longe da cadeia.

De acordo com o advogado André Quezado, “não há motivação para manutenção dessa prisão em relação a esses fatos”, uma vez que há medidas cautelares diversas, como o uso de tornozeleira eletrônica e o afastamento da ex-mulher, já determinado pela Justiça.

“Vamos em busca das medidas cautelares diversas da prisão para que ele fique em liberdade, mas com determinadas obrigações caso o Judiciário venha a deferir. Ele vai ter obrigações e deveres, inclusive, um deles é o afastamento, não poder se aproximar da senhora Pamella”, afirmou o advogado.

Quezado disse ainda que não há motivação para a prisão de DJ Ivis em função da garantia da ordem pública, principal fundamento utilizado pela Polícia Civil ao apresentar o pedido à Justiça.

“O senhor Ivis, em nenhum momento, pretende se furtar à ação penal. Sempre que for chamado, irá comparecer, não irá atrapalhar as investigações, não entrou em contato com as testemunhas que a senhora Pamella apresentou , então não há motivação para a manutenção dessa prisão”, argumentou.

O DJ está totalmente abalado emocionalmente e psicologicamente, informou o advogado. Segundo ele, não seria apenas por causa da prisão, mas também por perdas que vem tendo no âmbito profissional e familiar.

G1 CE

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Deixe seu comentário!