Início Policial Foragida da Justiça da Paraíba, com mandado de prisão por homicídio, é...

Foragida da Justiça da Paraíba, com mandado de prisão por homicídio, é presa por maus-tratos à animal no Rio Grande do Norte

Compartilhe!

Policiais da 3ª Companhia de Polícia Ambiental de Mossoró prenderam na noite desta quinta-feira, 25/11, uma mulher foragida da Justiça do estado da Paraíba. Maria da Luz Alves dos Santos, de 41 anos, foi presa na Rua Valter Wanderley, no Planalto 13 de Maio, em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, acusada de crime de maus-tratos a animais.

A equipe da BPAmb 023 estava em patrulhamento naquele bairro, quando foi acionada pelo CIOSP para atender uma ocorrência de maus-tratos de animal,  em via pública, no Planalto 13 de Maio, onde as informações chegadas à Central de Comando da PM eram de que uma mulher estaria agredindo um gatinho. Quando os policiais chegaram no local, várias testemunhas se apresentaram para denunciar a agressora e repassaram as características da mesma.

Durante as diligências pelo bairro e com informações sobre as características da agressora, que se tratava de uma mulher usando boné, virado para trás, foi fácil localizar o alvo. Após indagarem sobre o ocorrido, a suspeita confirmou a agressão ao animal, alegando que o gato entrou em sua casa e que ela e ela sentiu-se incomodada.

Diante da situação, os policiais conduziram a mesma que se apresentou com nome falso de Josilene Pereira do Nascimento. A Delegacia de Plantão, onde lá foi descoberto pelos policiais civis de plantão, que na realidade seu nome verdadeiro era Maria da Luz Alves dos Santos e que era foragida da Justiça paraibana. Contra ela havia um mandado de prisão definitiva, expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de João Pessoa, por crime de homicídio (artigo 121 do CPB).

O delegado de plantão, Valtair Camilo de Paiva, lavrou o auto de prisão em flagrante contra ela por crime de maus-tratos a animais. Maria da Luz Alves dos Santos foi encaminhado a ala feminina da Penitenciária Mário Negócio, onde ficará a disposição da Justiça.

Fim da Linha

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!