Início Política Jamerson Ferreira pede afastamento de presidente da FUNDAP após vazamento de áudio...

Jamerson Ferreira pede afastamento de presidente da FUNDAP após vazamento de áudio de prestador de serviços em Patos. Ouça

Uma denúncia grave veio à tona na manhã desta quinta-feira na cidade de Patos. Trata-se de um áudio veiculado na Rádio Arapuan de Patos, onde um servidor da prefeitura de Patos, lotado na Fundação Cultural (Fundap), tenta coagir trabalhadores que prestaram serviço durante a montagem da Vila Natal, a devolverem de parte dos respectivos salários em troca de uma garantia de uma nova contratação futura. O dinheiro seria destinado ao presidente da Fundap, Marcelo Lima (foto).

O fato gerou grande repercussão na mídia local, culminando, inclusive, com a solicitação de afastamento do presidente, feita pelo vereador Jamerson Ferreira. O parlamentar disse não acreditar que o prefeito de Patos seja conivente com tal atitude e pede que Marcelo Lima seja afastado do cargo afim de que a investigação não seja prejudicada. O fato pode gerar improbidade administrativa.

Entenda o caso

No áudio que foi divulgado na Arapuan, um servidor lotado na Fundap, de nome Déda, pede a outro servidor de nome Emerson, e atende por alcunha de Memé, que devolva o parte do valor recebido pelo serviço prestado. O valor seria destinado ao presidente da Fundap, Marcelo Lima.

No áudio, Déda diz: “Memé, escute bem direitinho aí. Vai cair um salário aí na sua conta amanhã. Você vai pro banco de 10h e me espera lá. Você vai tirar 500 conto [reais] para você e vai me devolver o resto para eu repassar tudo pra Marcelo. É você, Severino, Pepêta, foi um negócio que Marcelo fez aqui já pra, como você não trabalharam, ganhar uma gratificação e ficar contratado já pro São João, entendeu? Eu explico bem direitinho”, disse Déda. Escute o áudio abaixo.

Após a veiculação do referido áudio na Rádio Arapuan, Marcelo Lima foi ao estúdio da emissora e justificou que a não se rata de uma rachadinha e sim uma dívida entre Welington e Déda.

“Eu fiquei sabendo ontem desse áudio. Um fato que aconteceu no começo de janeiro. São dois servidores da FUNDAP. Todos os prestadores de serviço encerram o contrato e ficam decepcionados com o encerramento do contrato, esse aí foi da Vila Natal. Esses são dois colaboradores do Galpão Cultura. A FUNDAP é uma instituição séria que busca colaborar com a cultura de Patos. Ninguém comunga com esse tipo de coisa. Minha história apregoou isso. Não temos nenhum contato com esse ilícito que foi informado”, disse Marcelo. Você também pode ouvir o áudio abaixo.

Logo após o pronunciamento de Marcelo Lima, o próprio Emerson, ligou pra emissora desmentindo o que foi dito pelo presidente da Fundap, reafirmando o fato e dizendo que o presidente da Fundap queria ficar com parte dos salários dele e dos colegas. Escute abaixo.

Assessoria

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Comente e compartilhe!