Início Famosos Paulinha Abelha está em coma profundo: ‘Não existe irreversibilidade’, dizem médicos

Paulinha Abelha está em coma profundo: ‘Não existe irreversibilidade’, dizem médicos

Paulinha Abelha (Foto: reprodução/Instagram)

A junta médica do Hospital Primavera, em Aracaju, Sergipe, atualizou o estado de saúde da cantora Paulinha Abelha, da banda Calcinha Preta, durante coletiva realizada na tarde desta terça-feira, dia 22/2.

“Ela está em coma profundo, mas em nenhum momento falamos de morte encefálica. Ela está coma e não morta, isso é uma condição potencialmente reversível. O prognóstico, como ela vai conseguir estabilizar essa parte neurológica, vamos ter que analisar”, afirmou o neurologista Marcos Aurélio Alves.

Os médicos também desmentiram a informação de que Paulinha teria uma bactéria no cérebro. “Ela não tem nenhuma bactéria, isso é fake. Ela tem uma encefalopatia severa, que é um dano real, tem um dano hepático e por último um dano cerebral”, explicou o médico e diretor técnico Ricardo Leite.

Ainda na manhã de hoje, o ex-marido de Paulinha, o cantor Marlus Viana, e a atual mulher dele, Andressa Viana, estiveram no hospital para doar sangue à cantora. Nas redes sociais, a equipe do Calcinha Preta pediu que os seguidores doassem sangue dos tipos O+ e O-.

Por causa do comprometimento nos rins, o órgão deixa de produzir um hormônio essencial para a produção de células vermelhas, levando a pessoa a um quadro anêmico. Por isso a importância da doação de sangue.

Entenda o caso

Internada desde o dia 11/2, em Aracaju, Paulinha foi diagnosticada com problemas renais logo após chegar de uma turnê que fazia com o grupo, em São Paulo. A causa, no entanto, não havia sido divulgada. O fígado foi outro órgão afetado com uma infecção, contornada a tempo.

Três dias depois, o quadro se gravou e ela foi encaminhada para a UTI, onde começou a fazer diálise, procedimento que remove substâncias tóxicas do organismo, fazendo o papel dos rins. Na quinta-feira, 17/2, Paulinha teve uma piora clínica no quadro e entrou em coma. Em razão destes problemas renais, ela desenvolveu um quadro neurológico grave e passou a respirar com a ajuda de ventilação mecânica.

Notícia Paraíba

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Comente e compartilhe!