Início Saúde Projeto Opera Paraíba realiza 145 cirurgias de catarata e 97 procedimentos gerais...

Projeto Opera Paraíba realiza 145 cirurgias de catarata e 97 procedimentos gerais durante três dias de ações em Patos

Foram 97 cirurgias gerais em três dias.
Compartilhe!
Três cirurgiões e um anestesista foram responsáveis pelos procedimentos gerais.

O Projeto Opera Paraíba voltou a realizar cirurgias de Catarata em Patos, num terceiro mutirão que durou três dias. Nos dias 20, 21 e 22, 145 pacientes, de  de 24 municípios da 6ª Região de Saúde do Estado, fizeram suas cirurgias de Catarata, sendo 47 pacientes na sexta-feira, 50 no sábado e outros 48 neste domingo. Além destas cirurgias oftalmológicas, o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) também realizou 97 Cirurgias Gerais nestes três dias de mutirão.

Mas, além das cirurgias de Catarata e Gerais, o Programa Opera Paraíba movimentou a unidade de sexta a domingo com a realização de mais 86 exames de ultrassom, 140 mamografias e 30 endoscopias, além de 140 consultas especializadas com mastologista. “Todas as pacientes que realizaram as mamografias, na sequência já se consultaram com a mastologista, Dra. Ana Rita Guedes Alves”, explica o Diretor Geral do Complexo, Francisco Guedes.

As cirurgias do Opera aconteceram no bloco cirúrgico do Complexo.

O diretor lembra que estavam programadas 150 cirurgias de Catarata e mais 100 Gerais, mas, os cinco procedimentos de Catarata e os três de Cirurgia Geral que deixaram de ser realizados, foi em função das condições dos pacientes, não por falha da unidade. “Alguns pacientes estavam com pressão alta, outro faltou no dia agendado, enfim, são intercorrências que fogem ao nosso controle”, explica ele.

“Foram dias de trabalho muito intenso, que exigiu de nós uma grande dedicação, mas, estamos muito felizes em poder participar deste Programa, de ter sido um sucesso todas as cirurgias e de ver nossos pacientes felizes e agradecidos por tudo. O Opera Paraíba é um programa fantástico e temos uma satisfação enorme de integrar o grupo de unidades de saúde do Estado que fazem parte do Programa”, afirma Francisco.

O diretor lembra que o sucesso das ações só foi possível pela união de uma equipe guerreira, comprometida, focada e, sobretudo, competente e pela diligência de um governo que tem um olhar diferenciado para os paraibanos. “A todos os profissionais que se envolveram direta e indiretamente nestas ações, nosso muito obrigado. Agradecer também ao nosso governador João Azevedo e a equipe da SES pelo apoio”, finalizou Francisco Guedes.

A equipe de médicos que atuou nesta etapa do Opera em Patos foi composta pelos seguintes profissionais: Rogério Perônio Bezerra (Cirurgião), Victor de Sá Gadelha (Anestesista), Yuri Matheus Nogueira Costa (Cirurgião), Leonaldo Torres Diniz (Cirurgião), Marcílio Moreira Moura (Urologista) e oftalmologista Ian Beltrão de Sá Martins. Nos exames, os profissionais responsáveis foram: Maxwell Carvalho Mais (Ultrassonografista), Pedro Pereira de Lacerda (Endoscopia), Guilherme Gomes Vieira (Endoscopia) e Ana Rita Guedes Alves (Mastologista).

Sobre o Programa

O Programa Opera Paraíba tem a meta de reduzir as filas de espera por cirurgias eletivas no Sistema Único de Saúde do Estado em um ano. Como contrapartida, os municípios entram com os exames pré-operatórios e com o transporte do paciente até o hospital responsável pela cirurgia e pela sua volta ao município de origem. A diretora do Hospital do Bem, que integbra o Complexo, e que coordenou os trabalhos na unidade, Lidiane Nascimento, também comemorou o sucesso da realização de mais uma edição ‘Opera Paraíba’ em Patos. “Estamos muito felizes de poder realizar esses procedimentos e, desta vez, com mais serviços, e contribuir com essa ação tão importante do Governo que está impactando positivamente a vida de muitos paraibanos”, afirma Lidiane.

Assessoria

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!