Início Gerais A ganância do homem e a destruição da natureza! (texto de Anchieta...

A ganância do homem e a destruição da natureza! (texto de Anchieta Guerra)

© Xinhua/dpa/picture alliance

Embora, estejamos vivenciando o século XXI, notamos que o comportamento humano ainda continua como se estivéssemos vivendo o século I, quando não tínhamos o conhecimento da importância que a natureza representa para manter a nossa espécie na terra. Isso se evidência, claramente, pela forma como o homem trata ou usa a natureza, em seu próprio benefício.

Para ilustrar um pouco essa temática, escrevi uma sextilha, onde esboço essa preocupação, que por sinal, a ONU alerta: “A Destruição da natureza pelos humanos, é suicida”

SEXTILHA:

O Homem está acabando
Com toda fauna que há
Esta destruindo a flora
Queimando as matas de lá
Ceifando à vida na terra
Mas, nem ele vai restar!

Há uma destruição em massa
Sem dó e sem compaixão
Há uma ganância maldita
Orquestrando toda ação
Há na mão do homem o dote
Do poder da ceifação!

O “bicho” homem é malvado
Só pensar em se favorecer
Pensa nas suas riquezas
Na fortuna e no prazer
Destruindo a fauna e a flora
Para na riqueza viver!

Na ação desordenada
O homem destrói à vida
Destrói as belas paisagens
Destrói todas sem medidas
Destrói em tempo à contento
Um secular de uma vida!

Além de destruir as matas
O Homem destrói os rios
Polui o oxigénio do ar
Causando um mau calafrio
É o Homem o inibidor
Da sobrevivência da BIO!

Como o tempo vai passando
Mas ninguém tenta moldar
O sentido de seus atos
Pra Natureza salvar
Deverá em pouco tempo:
O mapa da terra mudar!

Patos, 29/05/2022.
Anchieta Guerra

Print Friendly, PDF & Email
Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o portal Folha Patoense não publicará os comentários dos leitores. Voltaremos ao normal logo após o período eleitoral.