Início Famosos Cantor Paulo Diniz, autor de “Pingos de Amor”, morre aos 82 anos

Cantor Paulo Diniz, autor de “Pingos de Amor”, morre aos 82 anos

Cantor e compositor Paulo Diniz em foto de arquivo — Foto: Max Levay/divulgação
Compartilhe!

Pernambucano de Pesqueira, no Agreste, morreu nesta quarta-feira (22) o cantor e compositor Paulo Diniz, autor de músicas como “Pingos de Amor” e “Bahia Comigo”. O artista faleceu em casa, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

De acordo com a produção de Paulo Diniz, a morte ocorreu por volta das 7h, em decorrência de causas naturais. O velório e enterro serão restritos para amigos e familiares e estão previstos para ocorrer na quinta-feira, às 10h. O local não foi divulgado.

Paulo Lira de Oliveira, nome de batismo de Paulo Diniz, deixou uma filha, duas enteadas e a esposa, Iluminata Rangel, além de três netos e dois bisnetos. Ele nasceu em Pesqueira, no dia 24 de janeiro de 1940.

O artista fez sucesso principalmente nos anos 1970, época em que morava no Rio de Janeiro, e onde compôs e lançou alguns de suas obras mais conhecidas. “Pingos de Amor”, lançada em 1971, chegou a ser regravada por diversos artistas, incluindo Paula Toller, do Kid Abelha, em 2000.

Paulo Diniz tinha 56 anos de carreira. Mudou-se para o Rio de Janeiro nos anos 1960, para trabalhar no rádio. Seu maior sucesso, “Pingos de Amor”, foi composto em parceria com o compositor Odibar, um grande parceiro de sua carreira.

Com Odibar, ele também compôs “Um Chope para Distrair” (1971) e “Ponha um Arco-íris na sua Moringa” (1970). O primeiro sucesso de Paulo Diniz foi “O Chorão” (Edson Mello e Luiz Keller, 1966). Um ano depois, ele lançou a canção “O Chorão no Dentista” (1967), em alusão à primeira.

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!