Início Locais Prédio abandonado do antigo Cine São Francisco está causando transtornos com proliferação...

Prédio abandonado do antigo Cine São Francisco está causando transtornos com proliferação de ratos, baratas e insetos no centro de Patos

Na década de 70 do século XX, o Cinema São Francisco, popularmente conhecido por Gigantão do Prado, reinava absoluto com grande público que prestigiava as sessões dos filmes que faziam sucesso no Brasil e no mundo. A moderna sala de exibições cinematográficas funcionou até a década de 90 na Rua do Prado, centro de Patos, sendo demolido no dia 13 de abril de 2013.

Após uma profunda crise que se abateu em decorrência de inúmeros problemas administrativos, o Cine São Francisco acabou dando lugar a um local de bingos e tempos depois acabou tendo seu amplo espaço vendido para uma empresa do estado de Pernambuco.

Ainda existiu um movimento de cidadãos dos setores culturais para que a Prefeitura Municipal de Patos fizesse decreto de utilidade pública e de desapropriação do Cine São Francisco para, posteriormente, realizar a compra do imóvel que poderia sediar vários empreendimentos públicos como, por exemplo, um teatro. Na época, o prefeito Nabor Wanderley havia dito que a prefeitura não dispunha de recursos para tal.

Diante da possibilidade da desapropriação do imóvel, os novos proprietários iniciaram a demolição do prédio e prometeram a construção de um empreendimento arrojado no espaço privilegiado, porém, até a data de 01 de agosto de 2022, o local encontra-se completamente abandonado.

Vários moradores da localidade estão se queixando da proliferação de insetos, ratos e baratas que se espalham para residências nas imediações. Os cidadãos buscam uma intervenção do poder público na área para que obrigue os atuais proprietários a cuidarem do terreno que agora abriga um matagal.

Polêmica Patos

Print Friendly, PDF & Email
Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o portal Folha Patoense não publicará os comentários dos leitores. Voltaremos ao normal logo após o período eleitoral.