Início Policial Acusado do feminicídio de Pâmela Bessa em Poço José de Moura é...

Acusado do feminicídio de Pâmela Bessa em Poço José de Moura é condenado a 42 anos de prisão em regime fechado

Pâmela tinha sorriso e alegria marcantes — Foto: arquivo pessoal/Bruna Bessa

Hélio José de Almeida Feitosa, acusado do feminicídio de Pâmela Bessa, em setembro de 2020, em Poço José de Moura, no Sertão da Paraíba, foi sentenciado a 42 anos em regime fechado, sem a possibilidade de pagamento de fiança. O julgamento aconteceu nesta terça-feira (20), no Fórum de Justiça de São João do Rio do Peixe. Na época, o feminicídio gerou grande repercussão no estado e uma série de protestos aconteceram na região do Sertão.

Pâmela do Nascimento Bessa, de 27 anos, estava grávida de 5 meses quando foi assassinada em 7 de setembro de 2020. Além da gestação, ela era mãe de três filhos. Ao que tudo indica, Pâmela foi espancada até a morte pelo esposo Hélio que, após cometer o crime, levou seu corpo até o hospital alegando que ela havia desmaiado por dores de cabeça. No entanto, o médico legista percebeu lesões no corpo da vítima e acionou a polícia.

Segundo o advogado de Hélio, Francisco Soares, a defesa vai recorrer para tentar diminuir o tempo de prisão determinado na sentença.

G1 PB

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Comente e compartilhe!