Início Gerais Mais de 30,3 mil estudantes faltam ao segundo dia de provas do...

Mais de 30,3 mil estudantes faltam ao segundo dia de provas do Enem 2022 na Paraíba

Abstenção foi maior entre inscritos no Enem Digital (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Dos 103.241 inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 na Paraíba, 30.303 não compareceram aos locais de provas nesse domingo (20). A abstenção é superior à registrada no primeiro dia de exame, quando os faltosos somaram 27.049.

Segundo balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, eram esperados 100.930 estudantes nos pontos de aplicação de prova impressa e 2.311 nos locais de aplicação da prova virtual. No entanto, 29.064 (28,8%) inscritos na versão impressa do exame e 1.239 (53,6%) inscritos no Enem virtual faltaram ao segundo dia de provas.

De acordo com o Inep, o Enem 2022 foi realizado em 55 municípios da Paraíba. Foram 2.775 salas em 400 locais de prova.

Nesse domingo (20), estudantes resolveram questões de Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia) e Matemática. Na semana passada, os participantes do Enem haviam sido submetidos às provas de Linguagens (Português e língua estrangeira), Ciências Humanas (História e Geografia) e redação.

O Inep divulgará os gabaritos até a quarta-feira (23), conforme previsto em edital.

Ao todo, 2.351.513 estudantes de todo o Brasil compareceram ao segundo dia do Enem 2022. O exame é uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), ambas ações do Ministério da Educação (MEC).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Portal Correio

Deixe seu comentário
Print Friendly, PDF & Email
Comente e compartilhe!