Início Conheça a realidade econômica do Mercado Público Juvino Lilioso

Conheça a realidade econômica do Mercado Público Juvino Lilioso

Mercado da Carne (Foto não atual).

Inaugurado em março de 1982, o Mercado Público Juvino Lilioso, chamado pela população por Mercado da Carne, teve início naquele momento como um passo de modernidade para a cidade de Patos, que já mostrava sinais de progresso em sua economia.

Como fruto de um tipo de comércio real, porém, pouco formalizado, por lá estão presentes não só carnes bovinas, suínas e caprinas, mas também, boxes de verduras, produtos derivados do leite, embalagens plásticas, comidas e bebidas em geral, movimentando a economia local e garantindo assim a sobrevivência de muitas famílias do município.

Dos cerca de 200 pontos comerciais disponíveis para uso, segundo o último levantamento realizado até o final do ano passado, atualmente, algo em torno de de 20 deles, ou algo em torno de 10% desse total encontra-se sem funcionamento, muito embora não tire do Juvino Lilioso, a condição de referência para o comércio varejista em produtos de origem animal e vegetal.

Com entradas e saídas que dão acesso às ruas Peregrino de Carvalho, José Genuíno, Duque de Caxias e Dom Pedro II, o Mercado Juvino Lilioso é interligado geograficamente com as dependências da feira Livre de Patos, que recebeu durante gestão do ex-prefeito Dinaldo Wanderley, a cobertura metálica ainda existente, e com o Centro Comercial Darcílio Wanderley, o antigo Mercado Público de Patos, que dispõe de uma grande variedade de produtos de feira popular, ampliando ainda mais o potencial econômico das três áreas.

 Embora enfrentando problemas relacionados a estrutura física e ao momento de instabilidade econômica do País, que reflete diretamente no bolso do cidadão, o potencial econômico do Mercado da Carne de Patos pode ser notado por sua localização geográfica privilegiada, haja vista estar no centro comercial da cidade, para onde converge a população de todos os bairros e dos demais municípios da região.

 Segundo levantamento do ex-gestor do Mercado, o comerciante João Monteiro e divulgado pelo Instituto Patoense de Pesquisa e Estatística-INPPE, a distribuição dos espaços comerciais no Juvino Lilioso até o fim de 2016 era a seguinte.

Pontos comerciais:………….total

Carne de gado………………….47

Caprinos e Suínos…………….17

Peixes……………………………14

Fígado e ossos de gado……..12

Café, Comida e Bebidas……..12

Verduras………………….………12

Despencador de Carne………..11

Carne de Frango………………..10

Queijo, Ovos e Manteiga……..10

Miúdo de carne………………….10

Depósito………………….……….10

Bijoterias………………..…………08

Embalagens Plásticas………….05

Câmaras Frias…………………….04

Miúdo de Bode……………………03

Desocupadas……………….…….20

Total geral…………………….…..205 

Genival Júnior 
Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!