Início Lei pune torcedores racistas!

Lei pune torcedores racistas!

Tem sido uma prática comum nos estádio e ginásios do mundo inteiro, o preconceito contra atletas de cor negra. O noticiário esportivo tem mostrado, quase que diariamente, esse tipo de comportamento de alguns torcedores. E, a cada dia as autoridades competentes no assunto, tentam encontrar uma maneira de coibir esse tipo de abuso. A própria FIFA, tem tomado algumas providencias mais enérgicas, punindo clubes com perdas de mando de campo e multas pesadas, quando tal abuso acontece em sua arenas.

No Brasil, são muitos os casos em que jogadores negros são ofendidos de forma humilhante por torcedores. O que chamou mais a atenção, foi da torcedora gremista chamando o goleiro Aranha, do Santos F.C, de macaco, numa partida em que o Grêmio jogava em seu estádio contra o time paulista. As câmeras de televisão flagraram o momento exato da agressão verbal, por isso, o caso ganhou repercussão nacional e internacional. Era preciso que se fizesse algo.

Foi, então, que a cidade de João Pessoa sentiu a necessidade de acabar com essa barbaridade. Uma lei de autoria do vereador Eduardo Carneiro, proíbe que torcedores racistas participem de qualquer evento esportivo em estádios e ginásios da capital.

A lei número 13.009 de 2015, pune de forma rígida o torcedor que for flagrado cometendo atos discriminatórios em qualquer praça esportiva da capital, impedindo-o de frequentar eventos dessa natureza por cinco anos.

Essa pena torna-se maior ainda, caso a pessoa seja funcionária pública, se for ligada aos esportes (Treinadores, dirigentes, torcidas organizadas), passa, então, de cinco para seis anos e meio.

A capital paraibana parte na frente e serve como exemplo para o Brasil, por ser a primeira cidade no País, a ter uma lei específica que pune severamente o torcedor racista e o crime de injúria social.

Seria bom que outras cidades da Paraíba, seguissem o mesmo exemplo, para combater essa praga do preconceito racial de uma vez por todas, nos estádios e ginásios esportivos do nosso estado.

Luis Carlos

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!