Início Cultura Projeto de Jamerson Ferreira reconhece a Filarmônica 26 de Julho como Patrimônio...

Projeto de Jamerson Ferreira reconhece a Filarmônica 26 de Julho como Patrimônio Cultural de Patos

Compartilhe!

Foi aprovado em primeira votação Câmara de Vereadores de Patos, nesta terça feira dia 13 de julho, o Projeto de Lei de autoria do vereador Jamerson Ferreira, que reconhece a banda Filarmônica 26 de Julho como patrimônio Cultural e Imaterial da cidade de Patos. Alguns parlamentares manifestaram apoio ao PL, que foi aprovado por unanimidade.

Segundo Jamerson, “reconhecer a filarmônica 26 de julho como patrimônio imaterial cultural de Patos, é uma questão de justiça com essa que é a trilha sonora da história de Patos . Todos os momentos mais importantes e destacáveis de nossa cidade, teve a marcante presença dessa banda que durante 90 anos musicou nossa cidade”, destacou o parlamentar.

A Filarmônica 26 de Julho foi criada na década de 30, pelo professor Anésio Leão, que teve seu nome em homenagem póstuma ao ex-governador do Estado da Paraíba, João Pessoa, morto em 26 de Julho de 1930.

Antes de ser formada a banda 26 de julho, o músicos que deram origem ao projeto iniciaram na filarmônica do Instituto São José que foi fundado na mesma época pelo músico Anézio Leão, vindo da cidade de Campina Grande para iniciar instituto educacional em Patos. Rapidamente a banda de música, que tinha o mesmo nome da escola “Banda do Instituto São José”, se tornou popular na cidade, porém, devido a alta despesa para manter o projeto, Anézio Leão decidiu entregar a banda ao município, que na época, tinha como prefeito Adelgício Olinto de Mello e Silva.

Após a morte de João Pessoa, em 26 de julho de 1930, o então prefeito de Patos decidiu homenagear o ilustre paraibano assassinado, mudando o nome da “Banda do Instituto São José” para Filarmônica Municipal 26 de Julho.

A matéria irá a segunda votação em seguida será sancionada pelo prefeito Nabor Wanderley.

Assessoria

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Deixe seu comentário!