Início Política Bolsonaro é chamado de ‘tchutchuca do Centrão’ e se envolve em confusão....

Bolsonaro é chamado de ‘tchutchuca do Centrão’ e se envolve em confusão. Vídeo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se envolveu nesta quinta-feira (18) em uma confusão com o youtuber Wilker Leão na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília.

As imagens foram registradas pela TV Globo. Bolsonaro agarra Leão pela camisa e tenta tirar seu celular, após ser xingado de “tchutchuca do Centrão” e “vagabundo”.

Gravando com o celular em meio a apoiadores do presidente, o youtuber questiona Bolsonaro sobre a sanção ao projeto que delimitou a delação premiada —ele é então retirado e jogado no chão.

Leão chama Bolsonaro de “tchutchuca do Centrão” e o xinga de “safado” e “vagabundo”. Ao se aproximar novamente, o chefe do Executivo puxa o youtuber pelo braço e tenta tirar o celular de sua mão.

Em 2020, para evitar a abertura de um processo de impeachment, Bolsonaro intensificou a ampliação de sua base aliada por meio da antes contestada política do tomá-lá-dá-cá, com a entrega de cargos e recursos para parlamentares aliados do governo, em especial do chamado bloco do centrão.

A Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), por exemplo, é uma empresa estatal entregue por Bolsonaro ao controle desse grupo em troca de apoio político.

Ela foi turbinada às custas das emendas de relator, que favorecem parlamentares influentes do centrão.

Impulsionada por verbas de emendas parlamentares, a Codevasf já firmou contratos para distribuição de quase R$ 600 milhões em máquinas, veículos e equipamentos desde 2021, mas sem critérios técnicos e para atender a vontade de deputados federais e senadores.

Às portas do período eleitoral e na esteira da explosão de gastos com emendas de relator, os valores com esse tipo de doação saltaram de R$ 178 milhões, em 2020, para R$ 487 milhões, em 2021, alta de 173%.

Só nos primeiros cinco meses de 2022, o montante chegou a R$ 100 milhões, segundo levantamento da Folha a partir de dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

A lista de bens distribuídos principalmente a aliados dos parlamentares padrinhos das emendas inclui até kits de panificação e freezers, além de barcos de alumínio, furgões, caminhões basculantes, caminhões de lixo, tratores, implementos agrícolas, motoniveladoras e retroescavadeiras.

ParlamentoPB com G1 e Folha Online

Print Friendly, PDF & Email
Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o portal Folha Patoense não publicará os comentários dos leitores. Voltaremos ao normal logo após o período eleitoral.